segunda-feira, 31 de março de 2014

Versão resumida deste post: sou preguiçosa!



Mas, em minha defesa, não é só isso! 

É bem verdade que se fosse uma tipa organizada arranjava tempo para vir aqui todos os dias e durante uns minutinhos pensava e escrevia de forma brilhante sobre assuntos pertinentes!;

É verdade que, mesmo não sendo uma tipa muito organizada, às vezes prefiro não pensar, às vezes prefiro ficar no chão a brincar com a pequena, às vezes prefiro ficar a domir, às vezes prefiro ficar a vegetar em frente à televisão, às vezes apetece-me isto tudo ao mesmo tempo;

Também é verdade que a minha vida é um tédio - trabalho-trabalho; trabalho-em-casa; tomar-conta-da-miúda; passear - e possivelmente isso interessa a uma das três pessoas que ainda resistem a passar por aqui quando o rei faz anos;

Não deixa de ser verdade que não faço compras interessantes, não bebo sumos verdes todos os dias, não faço receitas espetaculares, não ando em ginásios maravilhosos, não conheço os restaurantes da moda e tudo o resto que possa ser minimamente apelativo;

Mas depois há aquelas duas verdades infinitamente mais verdadeiras do que as restantes:
- há alturas em que qualquer peidinho (perdoem-me mas tornei-me uma pessoa muito mais escatológica com a maternidade... o que diz muito sobre a minha vida actualmente) dá origem a um texto maravilhoso cheio de ideias originais e há outras alturas em que pode estar a acontecer o milagre da criação à minha frente e o meu cérebro não é minimamente estimulado... Creio que estou/estive a viver durante os últimos tempos o primeiro momento;
- sou preguiçosa e gosto (cada vez mais) de não fazer nada!

Mas há esperança! Quase seis anos de blog ensinaram-me que ainda não é desta que o bicho morre!