terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Teoria da barragem

Sou uma chorona convicta! Por isso, sempre que vejo qualquer coisa que me dá vontade de chorar (séries, filme, what ever) choro e pronto! Dificilmente me vêem a chorar por coisas "a sério", mas por tretas que não lembram ao menino jesus, estou cá eu! Isto porque, se for gerindo as tristezas (que a bem da verdade não são muitas), e se as fôr deixando escapar aos pouquinhos, nunca entro em ruptura! E hoje estava a precisar de pôr os níveis da barragem em ordem*! Por isso, enrolei-me em mantinhas, deitei-me no sofá (ainda com o mar à cabeceira**) e fiquei a ver um filminho que sabia que me ia pôr o choro em dia e pronta para outra: "Things we lost in the fire".


Foto @ imdb
Missão cumprida! Tenho duas bolas de ping-pong no lugar dos olhos e o nariz em tudo semelhante ao de um palhaço, mas estou com a alma limpa!

Fora o drama pessoal, que desconfio que tenha o seu quê de hormonal (coisas de gaja), o filme está muito bom! E o Benicio... já o tinha dito aqui e aqui, é fantástico!

* tenho dificuldade em lidar com a desilusão... principalmente quando afecta as pessoas que amamos acima de tudo!
** voltar à realidade está a ser difícil!

3 comentários:

  1. Que tal facilitar o regresso à realidade com um chá quente? Ou um gelado calórico? Ou um cheesecake agri-doce? On me...

    ResponderEliminar
  2. Só se me vieres buscar pelos cabelos! Já passei o regresso de terça para quarta feira e entretanto hoje já decidi que não vou... e assim como assim, quem vai na quinta vai na sexta e porque não tomar um copito antes do fim de semana...

    Agora que penso nisso... de valor de valor era vires tomar esse copito comigo aqui à Praia? De sexta para sábado? que me dizes? Caso contrário não estou a ver quando volto! ;)

    ResponderEliminar
  3. E até faço cheese cake se ajudar na decisão! Vinhas de expresso e subíamos juntas! Que tal?

    Beijo

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!