sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Stand up comedy

Não resolvi mudar de ramo, é mesmo uma consequência do trabalho...
Para quem quiser ter um momento de pura diversão, daquela de ir às lágrimas, de não conseguir parar de rir, então vão a Madrid e durante a manhã do dia 4 assistam a uma hilariante comunicação feita por mim e em castelhano!
Aaannnh... é ou não é a piada do ano?!

se fosse destas não custava nada... já está mais que treinada e os mais pequenitos são mais fácies de enganar...

Mas onde é que eu estava com a cabeça, quando fiz a cruzinha onde dizia "comunicación oral"?!?! Pior, onde é que eu estava com a cabeça para dar ouvidos ao meu colega de sala e achar boa a ideia de falar num idioma que não domino?!?...

É que há várias coisas que estão mal neste cenário:
- tenho pavor de falar em público*... e não é daquelas cenas que o pessoal diz só para mostrar que é tímido e muito modesto quando de facto se pelam por um bocadinho de atenção... não, tenho mesmo pânico daquele que dá para ficar com as mãos suadas e a voz a tremer... e insónias 15 dias antes;
- como normalmente se tem que usar aquele instrumento de tortura conhecido por microfone, fico ainda pior, porque tenho que ouvir a minha voz a ressoar e com delay. Qualquer outra pessoa seria capaz de se abstrair disso... mas eu não e fico a ouvir o que disse, em vez de continuar a falar... o que seria muito engraçado não houvesse um racíocinio lógico a apresentar a uma plateia que está danadinha para nos dar na cabeça...
- e nisto tudo esqueço de respirar! E é literal! Esqueço-me de respirar ao ponto de ficar zonza e meio azulada!
- e isto tudo acontece quando falo em português, por isso em castelhano vai ser pontuado por momentos brilhantes do tipo do da "massa follada", "rodillas perras" e muitos, mas mesmo muitos "embarazos";

Vendia um rim para quem me substituísse nesta missão...
...anyone?...

foto do grande buddy fotógrafo Carlos Monteiro

* mandem-me mergulhar com tubarões à noite enquanto eles jantam, não me apoquenta (e até já aconteceu), agora falar em público é que não!

9 comentários:

  1. Amiga!
    Podes contar comigo:) Eu faço a coisa por ti, de borla,
    claro! Claro também que tou a falar da parte de mergulhar com os tubas! Eheh

    Lá o resto vais ver que na hora sai tudo, e com distinção!!!
    Aliás, os nostros hermanos é que vão ficar com a respiração cortada só com a tua presença;)

    ResponderEliminar
  2. AAAAAHHHHH!!! Acho que vou fugir!!!
    ...e começaram as dores de barriga...

    já agora foi o teu esposo que me disse que era boa ideia fazer a apresentação em castelhano...

    Vai aparecendo! e pronto, lá terás que assistir a um espetáculo trágico-cómico!!

    beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Vá, eu ofereço-me... :p

    E, já agora, welcome back!

    ResponderEliminar
  4. pronto... e depois disto só me posso render às evidências de que tenhos os melhores amigos do mundo!!!

    alex: alinho noutra cena de tubas nas maldivas, no mar vermelho (um dia) ou em qualquer outro cantinho! os espanhóis vai ficar espantados e com tanto disparate junto!

    P: de volta sim senhor, como dantes! ;) quanto a ir fazer a comunicação por mim... não oferaças muito! faço-te a barba, ponho-te uma peruca e obrigo-te a dizer: holla, me llamo Guilhim e voy hablar para vosostros! Começa a treinar!

    ResponderEliminar
  5. A barba já está cortada, os meus períodos à Tom Hanks no Náufrago já estão a tornar-se raros... ;)

    ResponderEliminar
  6. Quando tinha que ir fazer audições de piano no Conservatório desejava que algum camião me atropelasse. Tudo era melhor que uma sala calada a ouvir-me e a tirar notas... Mas eu não tinha muito jeito. Agora tu... quem consegue explicar a coisas a putos, que são um público muito mais difícil... consegue falar em portunhol sobre algo que domina por completo!

    ResponderEliminar
  7. Quando estiveres tésica, uma oral [comunicação, entenda-se] em madrid, ou noutra latitude, vai-te parecer um sonho. Posso trocar se quiseres. bjs ;)

    ResponderEliminar
  8. Tá: acho que vou seguir o conselho do meuhomem e começar com um Ala Madrid (o grito de guerra dos fãs do real madrid), tipo Cristiano Ronaldo, para ver se os conquisto... pode ser que resulte, de outra forma acho mais difícil...

    Ossos: então trocamos, eu faça a tua defesa (ao abrigo daquela sensação "a ingnorância traz a calma") e tu fazes a minhas orais (comunicações, entenda-se ;)

    beijinhos

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!