sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Ai filhos… poupem-me!

(Plandid gone wrong)


Já não tenho idade para estas coisas. Agora diz que as fotos que vemos no Instagram, daquele pessoal que faz vida dele, são "plandids". O que é que é que isso quer dizer? Que são fotografias planeadas (plan) para parecerem naturais (candid). Quanto a isso batatas. Acho que é fácil de perceber que são poucas as pessoas que atravessam a passadeira com um sorriso que mostra todo o marfim que têm na boca. Também não haverá muitas a sair de casa a ajeitar o casaco da hastaglojadaroupa, mostrando claramente o relógio da hastaglojadosrelógios e os sapatos da hashtaglojadossapatos, e haverá ainda menos pessoas sempre prontas a fotografar estes "acasos". Mas não é isso que me faz "espéce"! O que me pica os miolos é saber uma nova palavra que tem muito pouca serventia no sentido prático e metafísico da coisa. Já tínhamos de saber o que é o hygge, a serendipity e friendnemies, o que é uma selfie e todas as suas variações (belfies, buties, footies e mais o raio) agora ainda tenho de dar um nome à estética da foto?! O que aconteceu ao "agora tira'maí uma foto a olhar para o pôr do sol como se eu não estivesse a ver"? É que uma pessoa já não vai para nova e sabe lá se este novo saber não está a roubar o lugar a outras palavras importantes?! Ando há anos a matar-me para não esquecer do pouco francês que aprendi para agora ir tudo ao ar com esta língua nova que dura aí uns 10 minutos antes de toda a gente se esquecer! Para isso, prefiro ir aprender latim!

3 comentários:

  1. Quando eu era miúda queria inventar uma palavra nova mas todo este novo léxico já me tirou a vontade...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... isto está num nível que fica difícil acompanhar!

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!