quarta-feira, 10 de maio de 2017

Pode ser que no sábado se dê o milagre!

A minha interpretação de amar pelos dois... ou como agora me faz sentido, pelas três

Eu bem queria ser aquela tipa a quem as coisas main stream passavam ao lado mas neste caso não dá! Ontem vi pela primeira vez, em mais de 25 anos, o festival da eurovisão e isso é digno de registo. E a "culpa" é dos manos Sobral! Gosto da música e só me irrita o facto de não a conseguir cantar e tão bem como quanto o Salvador (secretamente gostava de ser cantora)! Adorei ver a palhaçada dos outros concorrentes com fogo - mais um bocadinho e aquele palco ficava a parecer uma zona de mata durante o Verão em Portugal -, roupa reduzida, água, bailarinos e o raio que o parta mais o inglês partido, enquanto o nosso miúdo se apresentou quase sozinho, ou melhor dizendo, só com o essencial: a voz do caraças, um piano e violinos. Basicamente a cantar. Num festival em que é suposto fazê-lo apesar das manobras de diversão que já parecem vir nas regras.
Estou fã.

Só uma dúvida: desde quando é que a Austrália faz parte da Europa?

1 comentário:

  1. Eu sou essa tipa :P não vi, não sei nada sobre isso, só dos comentários que tenho visto. A música conheço da rádio e não gosto.

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!