terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Sou tipo os shampoos dos anos 90: dois (ou mais) em um


Gaja que é gaja está sempre em multi-tasking (ou sou só eu!?). Enquanto o lombo está no forno estende-se a roupa, enquanto a máquina lava faz-se a sopa, ensina-se a criança a brincar enquanto arruma os brinquedos, lava-se os dentes enquanto se toma duche e por aí fora. Ora, como o dia não estica e eu não nasci rica, estou sempre a arranjar maneira de conseguir fazer tudo encaixar ao mesmo tempo e se quero correr tem que ser em sobreposição de actividades! A verdade é que calçar as sapatilhas de madrugada já me dá gozo mas é uma hora ou hora e meia que faz falta para outras coisas, por isso, há que arranjar estratégias para que dê para tudo. No final do ano pensei (é uma coisa que procuro fazer pelo menos uma vez por ano para ver se não lhe perco o jeito) na melhor maneira de desfrutar de tudo:

- Escapelas a dois:
Por aqui as intenções são sempre as melhores mas depois, na hora do vamos a ver não passamos disso. Vai daí, nada como encontrar corridinhas em lugares porreiros, fazer logo a inscrição já com a data guardada não dá para voltar atrás e arranjar outras coisas. Assim, vamos os dois "participar na corrida". Eventualmente corremos, mas entre uma coisa e outra, sempre dá para namorar.

- Family building:
As medalhas que recebemos na Running Wonders EDP Distribuição Meia Maratona de Évora
Corrida Monumental - senhores da organização, que tal encurtar o nome da coisa - estão na parede das recordações, que é mesmo perto da porta de casa, e sempre que lá paramos mais um bocadinho a garota lembra-se da prova. É sinal que deu conta que alguma coisa diferente aconteceu naquele fim-de-semana. De facto, é uma das corridas que melhores memórias me traz porque foi feita a três, comigo e com o homem a dar um litro e a puxar um pelo outro e a superar um objectivo que a três segundos de cruzar a meta achávamos impossível. Parecendo que não, são estas coisas que dão cola à família. A ambição para este ano é incluir os avós nas provas.

- Passear com a Sardanisca:
Há aqueles dias em que quero mesmo correr e quero e tenho mesmo que passar tempo com a cachopa e, aparentemente, ou se consegue uma coisa ou outra... ou então, equipa-se a garota a rigor, protege-se a herdeira do frio e da chuva e fazemo-nos à corrida com a miúda. Na preparação para a meia maratona que fiz este ano fiz vários treinos com a Sardanisca no carrinho e parece-me que ela gostou e não foi pouco! É claro que não é a mesma coisa mas como não sou atleta, nem ganho a vida a correr, se os resultados não forem grande coisa (que não são!) não me chateio!

- Passear com a Manga:
Como a vida já era uma coisa simples, resolvemos juntar à mistura uma cadela que estamos a tentar ligar à corrente para iluminarmos o prédio de borla... é que a tipa tem energia que não acaba. Cá por casa tiramos-lhe logo a pinta: assim que estejas boa da operação vens correr connosco. Já fiz duas corridinhas de 5k com ela e, apesar de não ser a coisa mais espetacular do mundo porque a pobre ainda está a descobrir o mundo e não acha piada a carros e comboios em movimento, faz-se e bem! Em compensação consego deixá-la tão cansadinha que só volta a levantar a cabeça para ir fazer xixi a meio da tarde!

Há por aí quem junte à corrida outras coisas?! Sei que a revista Runner's World vem a caminho (YYYUUUPPPIII... já fazia falta e sei que ainda vou falar muito dela por aqui) e já estou na filinha e com o caderno de apontamentos pronto para acrescentar pontos a esta lista!

1 comentário:

  1. Eh pá... Casa vê q falas em corridas fico cansada! Mas estou contigo... Com vocês! Corram corram q eu vou andando! :)
    Nunca fui de corridas, mas gosto de passear e caminhar! Sempre viajamos os dois e agora vamo aparando as coisas a fazer isto a três! O rapazola assim q vê a mala até pula de alegria... Mas são pequenos passeios dos quais depois adora regressar! Temos a sorte de vier aqui nesta costa q também nos proporciona bons programas em família, só temos q aproveitar o que há e inventar um bocadinho!
    Have fun e beijinhos desta costa!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!