sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Trabalhar a partir de casa em cinco dicas!


Trabalhar a partir de casa... ora aqui está algo que pode ser um presente envenenado. Parece ser o paraíso na terra mas pode ser um pesadelo. No geral, acho que somos muito maus patrões e nós próprios e precisamos que nos apertem os calos... já para não dizer que precisamos de alguém com quem possamos trocar ideias. Os trabalhos que tive das nove às cinco foram de curta duração e muito do trabalho que faço tem que ser a partir de casa. Ao longo do tempo fui percebendo que há algumas coisas que podem melhorar a nossa produtividade, sim, porque é muito provável que a produtividade vá por aí abaixo quando começamos a trabalhar por conta própria. Comigo o que resulta é o seguinte:

1. Sair da cama, fazer exercício, tomar banho e vestir
Parece básico, mas perguntem a quem trabalha em casa qual foi o máximo de tempo que já estiveram sem despir o pijama e vão ficar supreendidos com a resposta! Para mim, tomar banho e vestir alguma coisa diferente do pijama ajuda-me a entrar no modo trabalho e, além do mais, arrebita um bocadinho a auto-estima. Se nos estivermos a sentir como o hálito matinal (e desculpem a metáfora) então como é que podemos sentir que o nosso trabalho é fresco e fofo?!

2. Manter uma agenda e, já agora, cumpri-la
Ok, não temos de ir a lado nenhum, não temos que reunir com ninguém, temos todo o tempo do mundo para fazer o trabalho, certo? Errado!! A questão é que, muito rapidamente perdemos a noção do tempo, das tarefas que temos e das prioridades. A ideia de que "arrumo a cozinha num instante", "preparo o almoço num instante", "lavo e estendo a roupa num instante", "aspiro a casa num instante" leva-nos num instante às 17h00. Agenda aberta e toca a marcar o tempo que temos para limpezas e arrumações e para o trabalho efectivo. O que não couber nesse dia passa para o próximo. Objectivos diários que sejam realistas e cumpri-los, é a chave!


3. Um espaço catita e organizado
Trabalhar num cubículo que mais parece um contentor é feio... trabalhar em casa mas não ter um lugar onde poisar um lápis e uma folha de papel também não é bonito. Para mim é importante ter os espaços separados e ter um lugar só para ter o computador para trabalhar. Não me importo de ver o facebook no sofá, mas trabalho convém que seja noutro espaço para ser produtivo. A nossa casa é uma caixa de fósforos, por isso, optámos por espaço que aparece e desaparece. Quanto à organização... estamos a trabalhar nesse assunto...

4. Mantimentos saudáveis por perto
A minha desculpa para parar e fazer pausas é a fome. Se levasse essa "necessidade" a sério já não passava pela porta de entrada. Primeiro a maior parte das vezes que tenho fome na realidade tenho é sede e por isso mantenho uma garrafa na secretária. Depois, a solução mais fácil para matar o ratinho é a bela da bolacha... pois, aí a coisa é mais complicada... mas quando vou à cozinha começo sempre por atacar na fruta com fé que o massacre das bolachas seja menos dramático... O que eu quero dizer é que é preciso encontrar snacks que sejam saudáveis que satisfaçam e ajudem a quebrar o aborrecimento... Se encontrar aviso!

5. Esquecer tudo e sair porta fora
Seja para trabalhar, seja para arejar é importante para manter a sanidade! Quando vivia sozinha passava dias sem falar e só me dava conta disso quando ligava à minha mãe e a voz não saía... Há cafés em que é porreiro estar a trabalhar porque são confortáveis e porque não há acesso à net. Como parte do meu trabalho passa por ler, vou começar (sim, não é algo que faça por rotina) a fazer as leituras fora de casa. Por outro lado, passar 24h por dia dentro de casa dias a fio só pode fazer mal, por isso, é importante marcar umas horitas por dia para apanhar ar.

Contem coisas: o que é que acrescentavam a esta lista?

12 comentários:

  1. Desejo muitas vezes que seria fantástico trabalhar em casa, mas depois penso que não sei se não me poria a fazer de conta ou outras coisas, como trabalho doméstico. Acho que é preciso ter uma vontade férrea para tudo correr bem.

    E aproveito o comentário para te perguntar como conseguiste pendurar as tuas andorinhas; lembrava-me que já as tinha visto aqui ou no blog erva cidreira e ia-vos perguntar. Ah! Dizias que tinhas cinco ou seis leitores; esta é mais uma, assídua, mas muda (em sentido figurado).

    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Alice! Pendurei com uns pregos pequeninos. As andorinhas têm um buraquinho "na barriga" e basta encaixar no prego.
      beijinho

      Eliminar
  2. Parece-me muito bem! Eu acrescentaria dar uma pinturazinha na cara! Dá logo ouro ânimo! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso é verdade... mas para estar dentro de casa para mim não dá...

      Eliminar
  3. Pois eu não queria trabalhar em casa, o melhor do meu trabalho é o convívio que perderia se estivesse em casa...
    Agora, se me perguntassem se eu gostava de estar em casa, com tempo para tudo e mais alguma coisa e na loucura ter um part. time aí eu diria ... Era mesmo isso que eu queria para mim :)
    Bom fim de semana
    Uma das tuas cinco leitoras :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, apesar de ser um bocado bicho do mato, muitas vezes sinto falta de falar com outras pessoas e trocar ideias...

      Eliminar
  4. Neste momento acumulo um trabalho a tempo inteiro (de 40h presenciais) com um part-time (que posso fazer em casa e gerir o horário) e o que queria era mais tempo! (Ou segurança no part-time para poder mandar o outro às urtigas.) Eu não consigo sequer tomar o pequeno almoço de pijama, vestir-me e arranjar-me é como respirar - não dá para viver sem! Subscrevo as tuas regras - à excepção dos petiscos, porque não abro excepções: defino horários para as refeições e, fora disso, só água! Para quem não consiga, acho que a granola ou simples frutos secos são o menos mau.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu faço parte de uma raça que precisa de roer para pensar... mas claro que tento que sejam coisas saudáveis... a granola é porreira mas a porcaria do aparelho atrapalha!

      Eliminar
  5. Bem, na onda do teu "nem às paredes confesso", quando fico a trabalhar de casa o pijama é sempre o meu melhor amigo...sabe-me pela vidinha, tão bom. Nesses dias, dessa tua lista só faço a 2 e a 3, inclusive confesso que o meu mantimento "saudável" se baseia em encomendar pizzas e coisas gordurosas e altamente calóricas. Mas surpreendentemente o trabalho rende. Pronto, agora que confessei vou ali esconder-me. Sara

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que não é vergonha nenhuma (ou pelo menos quero acreditar nisso!). Quando estava a fazer o doutoramento passava dias seguidos (não digo quantos) sem tirar o pijama! E troquei algumas mensagens com a autora de um blogue fantástico que acho que já não anda por aí - a Rachelet - que era freelancer e disse-me que até o cão passeava de pijama! Estás entre pares! Não te preocupes!

      Eliminar
    2. oh pá gostava tanto da Rachelet... ao início até vos confundia acreditas? LOL

      Eliminar
  6. Olare! Bem, eu como vou levar todos os dias o rapazola ao trabalho, nunca fico de pijama! Confesso que, em dias de chuva ou mais frios, mudo de roupa assim q regresso a casa e visto uma coisa mais confortável, mas não o pijama! Qt ao petiscar, sou como tu, mas desde o mestrado que me acostumei a ter sempre uma taça com frutos secos e sementes ao pé do computador.. E umaabeca de chá ou café (conforme a hora do dia!). Quanto ao local e arrumação, depende... Normalmente é sempre no mesmo sítio (mesa da cozinha!) com música a tocar, mas tbem pode ser na avança ou terraço ou mesmo no sofá... Isto de ter portátil torna a coisa mais... Portátil! O que me custa para catano é precisamente separar o trabalho que tenho para fazer ao computador (ou nos papéis) e o trabalho de dona de casa... Há sempre qq coisa para fazer... Almoço, jantar, roupa para apanhar ou estender ou passar, qualquer coisa para limpar ou arrumar, camas para trocar... Enfim... Essa é a parte em q me tenho q organizar melhor... Muito melhor!!!!
    Obrigadinha pelas dicas e se tiveres mais truques avisa... São muitíssimo bem-vindos!!!!
    Beijinhos da costa alentejana,Xana

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!