segunda-feira, 10 de agosto de 2015

10 coisas que fazem um blog saltar do meu feed



Sim... em breve vou deixar de ter blogs para ler... mas este tipo de coisas deixa-me mesmo com raivinhas nos dentes...

1. escrever um monte de palavras aleatórias seguidas de um ponto final e dar uma aura espiritual à coisa... do género: "praia. mar. amigos. sal na pele. luz. areia. Quiaios. alegria. paz...";

2. um post por página para "obrigar" a malta a carregar a página para aumentar o número de visualizações.

3. uma adaptação do ponto 2: deixar só um parágrafo para leitura e o link do "ler mais" para mais uma vez se ter de carregar a página e aumentar as contagens;

4. fotografias sem fim de editoriais de moda... se quisesse ver fotografias de modelos com roupas que nunca poderei vestir, comprava a Elle ou a Vogue;

5. fazer posts sobre o óbvio. os miúdos andam à estalada na escola e a coisa vai parar às redes sociais; o António Costa espalha cartazes infelizes pelo país; morre o Eusébio... tudo quanto é alma tem alguma coisa a dizer a respeito! É pá não... a maior parte de nós não é brilhante o suficiente para acrescentar alguma coisa ao assunto;

6. apregoar aos sete ventos os falsos defeitos: "sou demasiado teimosa"; "sou muito nerd/geek/sem jeito"; "sou muito prefeccionista"; "tenho muito mau-feitio"; "sou muito frontal"... metade disto serve para dizer que se tem uma personalidade muito vincada a outra metade para dizer que se é muito diferente e especial... não há pachorra... quem é verdadeiramente o que quer que seja não tem que o anunciar aos sete ventos... isto para não dizer que, a serem verdadeiros, metade destes pseudo-defeitos davam direito a guia de marcha para o Sobral Cid;

7. fazer do blog uma loja do chinês (sem ofensa para os chineses): ele é creme limpa-nódoas, galochas, desodorizantes, sacos do lixo, computadores, creme depilatório ou tinta para o cabelo... vale tudo desde que a marca pague ou dê uma amostra. Não interessa se não gosta (diz-se que sim porque pode ser que "chova" de outro lado) e que já não se escrevam três linhas por mote próprio há cinco meses, o que interessa é que há presentinhos;

8. ser-se mãe há três minutos e de repente a vida ter mudado e não haver amor mais profundo... pois... desconfio que para a maioria das mulheres (eu incluída), que tanto o amor mai-lindo desta vida quando a "vida mudada completamente" vá acontecendo ao longo do tempo e não assim que se expele a placenta... também percebo que dizer que leva tempo a criar uma ligação quando a criança está fora da barriga não seja tão bonito quanto dizer que se amou desde o minuto que se viu o bebé;

9. envagelizações da treta... aquele pessoal que se acha a sumidade de um determinado assunto... ou pior, os Nuno Rogeiro da vida em geral. Aquela malta que sabe tudo sobre alimentação e se sente na obrigação de ensinar o resto dos infiéis sedentos de sabedoria... ou que é o supra-sumo em exercício... ou na educação (não sei se é o mesmo que parentalidade mas também não estou interessada em perceber) das crianças, fazer malas...;

10. tratar os leitores abaixo de cão... normalmente são os blogs de rapariguinhas da moda que dizem coisas tão agradáveis como "então minhas pindéricas, tiveram saudades", ou "eu sei que vocês são umas cuscas" ou ainda "suas invejosas..." tratamentos muito agradáveis que me fazem sempre lembrar a Branca... uma miúda que andava na ginástica quando eu andava no ballet e que se divertia a tratar mal tudo quando fosse rapariga mais nova...

Será que conseguimos fazer esta lista chegar aos 20?...

14 comentários:

  1. Muito bom! Não diria melhor. Luto todos os dias para que o meu blog não seja assim. Para que se mantenha fiel a quem eu sou e isso para mim é mais importante que um contador com um milhão de visitas.

    Atrevo-me a acrescentar a décima primeira:

    11 - Blogs que fazem concorrência à santa casa da misericórdia. O feed de posts/publicações no facebook mais parece a feira de carcavelos a hora de ponta. Fazem giveaways de tudooooo e mais alguma coisa, mesmo que não se enquadre no blog. Acho isso terrível.

    O meu blog celebrou agora um ano e fiz 5 giveaways como forma de celebração e de premiar os meus leitores. Ficamos por aqui durante uns meses largos, não tenho feitio para pedinchar produtos nem tempo para controlar 20 giveaways ao mesmo tempo.

    Gostei do texto, muitos parabéns!

    Ana
    www.annastyleandliving.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ana!! Acho que o truque de manter um blog interessante é de facto não se tentar ser o que não é só para agradar... o que me parece que é algo que também se devia passar na vida real!

      Quanto a giveaways... em sete anos de blog... nem um!! Pode ser que um dia pense nisso!

      Muitos parabéns pelo teu annastyleandliving!

      bjs

      Eliminar
  2. Acho que não encaixo em nenhum desses... Lol! Apesar de eu ter um blog muito pouco interessante (como vês sou mt frontal comigo própria!) 😜

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não Isa! Não encaixas e não tens um blog nada desinteressante! Aliás, ando a adorar ver a tua dedicação para voltares ao exercício e ao desporto! Essa frontalidade está bem!

      bjs

      Eliminar
  3. Hum, atrevo-me a dizer que ainda és capaz de ler o meu Planeta Zorp... Acho q não se encaia em nenhum dos tópicos!!! Ufa, ainda bem!! ;) Mas estou como tu... Há coisas q me chateiam e cada vez mais seleciono os blogs q leio e que me interessam... Ver-de-água tem visitas diárias!!!
    Beijos da costa alentejana,Xana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que visito o teu Planeta Zorp (achei esta bruxinha uma delícia!) e não, não se encaixa em nenhum dos pontos! Muito obrigada por passares por cá e por deixares o teu ponto de vista!! Fazes-me lembrar que tenho de mudar: visito os blogues mas é raro comentar... e sabe tão bem ler comentários que tenho que fazer por comentar mais vezes!
      bjs

      Eliminar
  4. Oh pá!!! Ainda bem que o meu blog anda meio morto!!!! Mas assino por baixo, sim, é mesmo isso. Espero em vão que seja só a silly season a dar cabo dos poucos neurónios que iluminam a cabeça de algumas bloggers que conheço, mas receio que não (há muitas que cultivam esse "ser" e outras tantas que as seguem como se fossem a última coca-cola do deserto). Enfim.... Vou de férias, quando voltar espero que tenha melhorado. Férias, praia, piscina, sestas, jantar como uma gorda porca e depois passear pela marginal a lamentar o tanto que comi, Cabanas de Tavira, sunsets, beber como uma esponja só porque não temos de guiar de volta para casa. Essas merdas :D. beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes meio morto mais cheio de estilo do que completamente vivo e a encher chouriços!! E olha que esta minha lista não diz respeito apenas à silly season...

      Vai lá de férias. Tavira. Bonito. Comer e dormir. Voltar. MILK em grande. (sinto-me um bocado Yoda quando faço isto)...

      Eliminar
  5. ahahahahahah. partilho dessas raivinhas... o "coaching" tira-me do sério

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que ontem depois de publicar o post pensei... como é que me esqueci do coaching super unicórnios-arcoíris-flores!! obrigada!

      Eliminar
    2. o coaching encaixa muito bem no ponto 9! ;) mais concretamente em: "evangelizações da treta"

      proponho um ponto 11: macac... cof cof bloggers que vão de férias e que abandonam os estaminés e os deixam às moscas, na realidade acho mesmo que se esquecem que o blog existe (depois de largarem uma bomba do género: "estou grávida") é que não se faz!!!

      Eliminar
  6. Epá estou tão feliz por não me enquadrar nessas categorias! (ou então sou uma presumida do pior).
    Confesso que apanhei a imagem no insta ainda estava de férias e fiquei curiosa pra ler este post. Finalmente consegui! Assino por baixo.
    Tenho um tópico a acrescentar... aqueles blogs que não páram de postar (normalmente são estrangeiros), acho muito bem que hajam posts diários mas quando são 15 posts diários o excesso de informação satura-me e um bom blog torna-se uma seca...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ui... forte candidato ao número 12, sim senhora!! Nos blogues tugas essa febre da postagem (nome técnico) dá nos primeiros dois meses de existência do blogue e passa quando as autoras descobrem que afinal não vão ser bilionárias à conta do dito cujo como prometia o pinterest...

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!