quinta-feira, 16 de julho de 2015

Valeram-me as vistas porque o resto foi dureza





O foco mudou! Não dá para ir no dia 18 de Outubro à meia maratona de Lisboa mas posso ir a outra ainda maior!! A da Nazaré! Afinal de contas é a prova que marca minha entrada nesta loucura de andar a correr atrás de coisa nenhuma... com muito sofrimento... e muito pouca vergonha das figuras tristes que faço. Hoje era o dia da primeira corrida do plano e custou mais do que mudar o aro do aparelho. Mas fiz... e depois de me sentir mal, porque já fiz muito melhor, senti-me bem porque apesar de ter pensado em desistir ao fim de dois quilómetros, lá cumpri os cinco com muita negociação e suborno: "vá tu consegues... só mais quinhentos metros e quando chegares a casa comes uma torrada a pingar manteiga por todo o lado... se fizeres mais um bocado, quando fores buscar a miúda vais com ela comer um gelado..." e assim se fez! Consegui não comer a torrada mas não ponho as minhas mãos no lume quanto ao gelado! Vamoquivamo que amanhã há mais!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!