sexta-feira, 17 de julho de 2015

Trip to memory lane



Hoje vou até ali a 1997-1999 que fica no Parque das Nações. Sim, o que acabei de escrever faz muito pouco sentido mas hoje conjugam-se dois fenómenos que ficaram guardados há duas décadas: ir a festivais (e o uso do plural aqui é abusivo uma vez que só fui a um festival - Paredes de Coura 1998) e doses absurdas de Jorge Palma e Sérgio Godinho pelos ouvidos adentro. Esta confusão toda para dizer que, devido a um alinhamento estranho de planetas, iremos ao Super Bock Super Rock! E, porque somos uns loucos, devemos ficar até às onze... e trinta, vá! Mas não importa. Vamos sair. Os dois. Vamos ver gente nova e sem preocupações. E se calhar beber cerveja... Alguma dica sobre o que se passa e como se deve ir para um festival nos dias que correm?... O que fazem os jovens nestes antros de perdição?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!