terça-feira, 14 de julho de 2015

Desejo do dia: trabalhar num café





Hoje, se tivesse em Coimbra, tinha ido trabalhar para um café! Não a servir bicas e bebidas mas a trabalhar no meu trabalho. Não sei se é por ser uma cidade universitária mas a verdade é que há muita gente a estudar e a trabalhar nos cafés. Eu, durante os primeiros anos da licenciatura ia para o Safari, ali na Rua dos Combatentes. O Senhor Manuel e a Dona Teresa "formaram" muita gente e a mim também. Lembro-me que foi lá que estudei para Fisiologia animal e Antropologia geral II que na altura pareciam grego! Às vezes ia sozinha, às vezes acompanhada mas sempre que por lá estava sentia-me menos bicho do mato. Quando começava o bom tempo ia para o "Justiça e Paz" ou para os Jardins da Associação... mas nunca para as cantinas durante a noite! Primeiro porque não resulta comigo fazer coisas à noite que impliquem mais de dois neurónios funcionantes depois, porque descobri que afinal "ir estudar para as cantinas" era na verdade sair para beber copos numa versão light. Durante o mestrado e doutoramento cheguei a ir para a Almedina do Estádio e também estava lá muito bem mas não conseguia resistir à tentação e acabava o estudo mais pobre e com mais um saco de livros. E era isto que me apetecia hoje. Ir para um lugar, com vida e com barulho de fundo, com um café e uma água e trabalhar... Há disso pela capital?

2 comentários:

  1. Xiii o Safari!!! Pois bem, eu fui adepta das cantinas à noite mas confesso que o estudo era pouco e passávamos a vida no entra e sai para a Associação. Recordo-me uma vez que estava um rapaz a estudar direito à minha frente e tinha um daqueles "calhamaços" gigante e estava sempre muito distraído a ver as raparigas que entravam. O colega dele mudou-lhe a página do livro e ele nem se apercebeu e continuou a leitura ;)
    Ainda cheguei a ir para o Galerias ou para a esplanada do Académico ou para o TAGV mas onde o estudo rendia era nas bibliotecas: biblioteca geral, biblioteca da faculdade de economia e a da minha FPCE ;)
    Ai que saudades!!! Não do estudo, que isso continuo a fazer, mas sim do tempo e da Vida em Coimbra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Biblioteca geral fóéva!! Se fiz o doutoramento foi à conta da BG!! Ali não há mé nem meio mé! Estás calada a trabalhar ou vais para a rua!! E tem que se madrugar para se conseguir um lugarito!! Agora também bateu uma saudadezinha...

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!