sábado, 11 de abril de 2015



Não era nada que eu já não soubesse mas estou a tornar-me um ser anti-social e o que é pior... contra minha vontade! Eu bem tenho tentado arranjar momentos em que me obrigo a estar com pessoas que não conheço com o intuito de conviver e a verdade é que não consigo. Não sei como é que se mete conversa com as pessoas e, muito sinceramente, nem sempre tenho paciência para aquela primeira conversa de circunstância que se tem que ter. Nas últimas tentativas juntei-me a dois grupos de corrida distintos e consegui chegar e ir embora sem abrir a boca! Por um lado, porque as pessoas já se conheciam e por outro porque não tenho feitio para me fazer ver no meio de gente. Mas depois, fico a olhar para a minha filha no parque e parece super-simples: dar ou receber encontrão; pedir ou aceitar desculpas; dar ou receber beijinho; dizer o nome; amigos para o resto da tarde. Já pensei pôr a estratégia dela em prática mas tenho um bocado de medo de ser presa por agressão...

5 comentários:

  1. Pena morarmos longe...era menina para te ver no parque e dar te um encontrão :) e olha que acho que nós íamos dar bem :P
    Bom fim‑de‑semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eh eh!! obrigada Celine! o resto da malta é que devia estranhar! ;)

      Eliminar
  2. Mas sentes que tens poucos amigos?! Eu sinto que o tempo que tenho para passar com os amigos que já tenho e de quem gosto tanto, mal me chega, por isso, a ideia de conhecer pessoas novas não faz sentido nenhum na minha cabeça. Mesmo assim, é inevitável acrescentarmos pessoas novas à nossa vida ao longo do tempo, somos seres sociais mesmo que não queiramos. Mas eu sou introvertida, nada tímida mas muito introvertida - prefiro mil vezes estar sozinha a ter de estar com pessoas! Há gente assim, ficas a saber. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto que os amigos que tenho estão longe... e isso quando estamos também longe da família acaba por nos deixar um bocado coxos... Eu adoro estar sozinha mas sinto muita falta das minhas pessoas! De me apetecer ir a uma esplanada e ter companhia, ou de ir ao cinema com alguém que não o meu homem de poder partilhar de perto os momentos importantes da vida dos meus amigos e da minha... E eu não sou só introvertida, sou tímida para além do razoável!! (aliás, deves ter uma ideia do quanto porque saí ao meu paizinho...)

      Eliminar
  3. Eu tenho horários muito idiotas mas, quando quiseres companhia para lanchar por Lisboa, avisa. Só consigo encaixar lanches às sextas e pequenos-almoços às quartas, mas podia ser pior. :)

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!