segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Eu, bicho do mato, me confesso



Neste momento estou a trabalhar em casa (quer dizer, "neste momento" estou a escrever no blogue, mas antes estive e depois estarei a trabalhar) de pijama, pantufas, roupão-feio-que-dói-mas-confortável-que-ele-só e sem soutien (este detalhe era dispensável tanto para as tristes almas que por aqui vagueiam quanto para as minhas mamas que emigraram para algum lugar muito distante há coisa de um ano...). Se fosse eu que mandasse era assim que andava, não digo 24h, mas perto disso! Tanto assim é que a primeira coisa que faço quando chego a casa é vestir o pijama. Quando saio de casa faço um esforço para andar apresentável mas, se for só para ir ao supermercado, umas calças de ganga, sapatilhas e um camisolão é o máximo que faço. Se for para ir trabalhar talvez (e aqui é mesmo talvez) me maquilhe e tento que o resto não envergonhe. Sou portanto uma gaja assim p'ro casual-nada-chic... Durante este maravilhoso fim de semana, enquanto passeava pelos blogues, dei de caras com um desafio que sugeria que nos fotografássemos com o look do dia todos os dias... dizia "vamos elevar a fasquia e estar bem connosco e lindas e maravilhosas todos os dias, não só de vez em quando"... fiquei a pensar no assunto. Sinto-me bem com o meu roupão azul, as minhas meias de lã, a t-shirt às riscas com cerca de 25 anos, as calças de corrida manchadas de lixívia e as pantufas da serra da estrela (o mesmo modelito que que aparece na foto mas sem a Sardanisca) mas preferia que o carteiro não me visse nestes preparos... Não me estou a sentir linda e maravilhosa não senhora... Mas gostava... de me sentir linda e maravilhosa... Vai daí, "a la" Braney Stinson, disse: "challange accepted!". Então, vamos lá ver se a partir de amanhã (sim, porque hoje já ninguém me tira do pijama) consigo apresentar modelitos que não me envergonhem e me obriguem a ser fingir que sou gira por 3 dias (se tudo correr como planeado, também não precisarei de sair de casa na sexta feira). Tenho parceiras para a desgraça não ser muito grande ou vou sozinha e sem medos?...

Agora a questão realmente importante: para quando o desafio I heart my pajamas?

10 comentários:

  1. E eu que detesto andar de pijama em casa! Só mesmo depois do banho à noite e de manhã, antes de ter tempo de me vestir. Mesmo doente, visto pelo menos um fato de treino que não me embarace em caso de ter de ir à rua! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pronto... cada um é como cada qual! Eu se fico "vestida" em casa até me falta o ar!
      Bjs!

      Eliminar
  2. Por mim ia de pijama e robe para todo o lado! É a melhor roupa do Mundo! Por incrível que pareça hoje tomei a mesma decisão...a ver vamos quanto tempo dura tanta determinação :p
    Força para nós, amantes do pijama, do robe e das pantufas :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então e mostrar os modelitos?! Quero ver!! E depois fazemos um desafio do pijama! Também somos gente!

      Eliminar
  3. este passo! mas só pq ainda não desenvolvi a técnica das selfies ao espelho... e também sou amante do pijaminha ou da chamada roupinha de conforto/andar por casa... não percebo é aquelas pessoas que andam todas aperaltadas e de saltos em casa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já tinha a ideia mas hoje, como era com intenção de mostrar, fiquei com a certeza que a cena das fotografias é bem mais complicada do que parece à primeira vista!! E viva o pijama!

      Eliminar
  4. O pijama (metáfora) representa a liberdade numa sociedade capitalista...
    BeijoGrande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sabia que bem lá no fundo eu era uma inconformada e incompreendida!! ;) Obrigada Paulo!

      Eliminar
  5. Ora aí está ... Quando lançares esse desafio eu alinho :)
    Estou de pijama e de mola na franja ...meias de lá e crocs...há lá coisa melhor?
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Celine, está lançado! É para fazer e mostrar!!
      Bjs!

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!