quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Um post que fala de retretes... alguém o tinha que escrever!


Comprei um macacão mesmo giro e mesmo fixe (se não tivesse com ar de quem foi desenterrada até me fotografava vestida com o novo modelito)! É claro que cinco minutos depois de o comprar já estava a pavonear-me com ele. Tudo corria muito bem, eu estava superconfiante a sentir-me a última bolacha no pacote! Aí a meio da manhã, como de costume, adiei o xixizinho que tinha que fazer para dar conta de pendências até já não aguentar mais e fui rapidinho para a "casinha"... Enquanto encaro a retrete procuro o fecho e o botão que normalmente tenho nas calças mas, como é óbvio, não o encontrei e foi aí que se fez o click: "oh caraças! Não aguento nem mais três segundos e tenho de desabotoar vinte botões que tenho... nas costas!" Sessão de contorcionismo com os braços para chegar aos botões e com as pernas para não se escapar nada de dentro de mim... Depois nova sessão para voltar a fechar tudo de novo! Posto isto, acho que só o volto a vestir depois de arranjar uma algália que faça pendant com o raio do bicho!

2 comentários:

  1. Tenho um macacão que só o uso em ocasiões mais especiais por dois motivos: para já, porque eu acho que é demasiado bonito para usar no dia-a-dia, e depois exactamente para não ter que me armar em contorcionista muitas vezes só para ir à casa-de-banho.

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!