domingo, 21 de setembro de 2014

Ainda sobre o bolo do post anterior...



É um dos bolos mais simples, rápidos e deliciosos que já fiz! Tanto que tenho de arranjar uma estratégia para não o comer todo de uma vez! Juro, que se não houvesse amanhã, me sentava com o prato e a calda à frente e só me levantada depois de o ter comido todo muito lentamente. Assim de repente só me ocorre uma coisa melhor que este bolo... Por isso, acho que é serviço público deixar aqui a receita (que é muito básica e muito facilmente se encontra em mil sites).

Bolo
- 4 ovos;
- 2 chávenas de chá de açúcar*
- 2 chávenas de chá de farinha
- 1 chávenas de chá de óleo
- 1 chávenas de chá de leite
- 1 chávenas de chá de chocolate em pó
- 1 colher de sobremesa de fermento

Cobertura
- 1 tablete de chocolate preto
- 1 colher de sopa de manteiga
- 100ml de natas

A receita feita ao meu jeito e não necessariamente como manda o figurino:
Bolo
- Bater muito bem os ovos com o açúcar até formar um creme;
- De seguida, juntar alternadamente os secos e líquidos: farinha+fermento, óleo, chocolate, leite. Como eu acredito que o segredo dos bolos está na paciência, bater tudo muito bem!
- Ainda juntei algumas coisas que não constam das receitas que pesquisei: sal (que realça o sabor dos ingredientes); uma colher de sobremesa de essência de baunilha (se tivesse vagens teria adicionado antes as sementes porque acho que o bolo fica mais suave e perfumado); raspa de limão (porque adoro o ácido que confere e sempre corta com o "rico" do chocolate). Esta etapa tem a ver com as minhas preferências... pode não resultar com toda a gente.
- Levar ao forno pré-aquecido a 180º por 45 minutos;

Cobertura (para quem quiser fazer a cobertura usando o banho-maria o melhor é começar por aqui)
- Derreter o chocolate preto em banho-maria com a manteiga (eu prefiro derreter em banho-maria porque controlo melhor, mas para quem conhece bem o microondas pode optar por derreter o chocolate mas numa intensidade mais baixa de modo a não queimar);
- Depois de derretido o chocolate e de incorporada a manteiga mexer de modo a arrefecer um pouco e de seguida juntar os 100ml de natas aos poucos misturando bem.

* eu improvisei: como não tenho chávenas de chá tradicionais usei uns copos de acho que devem ter a mesma capacidade;

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!