segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Fugi... para Leiria










Os fins de semana aqui pela terra das sete saias são sempre infernais! Basicamente o "problema" é só um mas com muitas consequências: muita gente! E com muita gente vem muito barulho, muita confusão, pouco espaço para andar e acima de tudo falta de civismo. Como sou uma pessoa que a cada dia que passa se torna num bicho menos social e sociável (e sem grande vontade de ser diferente) o meu plano para ultrapassar estes dias é simples: fugir! Desta vez não fomos longe e demos um pulinho a Leiria. Primeiro fomos ao m[i]mo (Museu da Imagem em Movimento... adoro o nome!) e depois subimos ao Castelo. Por €2,5 faz-se a festa, vêem-se as vistas, respira-se ar puro e ainda se aprende um bocadinho de história. O Moinho do Papel fica para a próxima.

(Nota: normalmente não ando com uma manta de lã pendurada na carteira em pleno Agosto mas a Piolha diz que não faz nada sem a raça-da-coisa-que-está-presa-por-fios coladinha a ela...

2 comentários:

  1. Bem Bom. Se quiseres fugir da confusão e vir à Bela Piscoza (onde, em Agosto, é tudo super tranquilo), estou cheia de saudades. beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha que bela ideia... mas acho que vamos esperar por Setembro, porque se bem me lembro, entrar em Sesimbra em Agosto é mais difícil do que entrar para medicina!

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!