sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Engenharia aeroespacial deve ser mais fácil...



Nos dias que correm gerir uma casa devia ser digno de um número do Cirque du Soleil (assim em bom e chique porque circo com animais é coisa para já (?) não ter piada). Por esta nova forma de arte temos que agradecer aos senhores do governo que, todos os meses, nos fazem aprender novas habilidades financeiras que parecem impossíveis de concretizar, assim ao nível do contorcionismo chinês! Mas como dizia o outro, em situações semelhantes de "tough love" (de natureza mais carnal e menos pedagógica), "aguenta e não chora". Depois, há que saber lidar com uma outra cambada (ou serão os mesmos?) mais subtis na forma como nos vão ao bolso... Com dotes de ilusionistas fazem desaparecer o nosso pilim em troca de meio engano em cartão! Como de lamurias não reza a história e já o nosso amigo Darwin dizia que quem não se adapta e evolui vira adubo, o melhor é puxar pela cuca!

Verdade seja dita que neste capítulo ainda tenho muito que aprender mas à conta de tanto meter os pés pelas mãos já não me atrapalho tanto! E chegou o momento do ano para provar os meus dotes de engenharia financeira doméstica! Vamos lá então perceber o que os próximos dias nos reservam!

Lá por casa as "limpezas de Primavera" acontecem antes de irmos de férias (de primaveris têm pouco). Damos a volta a tudo, deitamos fora o que está estragado e sem solução, checamos tudo quanto é produto que tenha uma data de validade. À medida que vamos deitando coisas fora ou que damos conta do que está em falta vamos anotando o que temos de comprar num complexo sistema de registo que temos no frigorífico (o pregnancy brain fez-me criar verdadeiras obras de engenharia a bem da minha sobrevivência e da da garota). Deixamos a despensa e o frigorífico ir a zeros e vamos a banhos. Ora, quando voltamos de férias a casa está impecavelmente limpa e arrumada (impecavelmente deve ler-se razoavelmente) mas sem uma migalhinha para alimentar as formigas! E é neste momento que acontece a mais temida ia ao supermercado do ano! Temida pela quantidade de coisas a comprar e pelo rombo no orçamento! Tendo em conta tudo isto, montamos com antecedência uma operação militar digna dos rangers! 

(continua)

4 comentários:

  1. o que eu me ri com este post :)
    E é que é mesmo verdade:)
    desejo-te boa sorte lá na tasca do ti belmiro :)
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! Estamos em contagem decrescente para o "grande dia" de compas... e a vontade é nenhuma!

      Eliminar
  2. Uma da técnicas que os senhores do governo me fizeram aprender, foi aproveitar a agua fria que corre no duche, antes de ficar quente, para dentro de um garrafão. concluí que no final do mês poupava uns 150 litros. Pode parecer mal, mas poupança é poupança.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem verdade que é uma das maneiras de poupar e muito! o problema é o que fazer/como armazenar a água! Sendo que somos 3 a tomar banho todos os dias e que a casa não é grande e não temos muitas plantas para regar não saberia o que fazer a tanto garrafão... Mas a dica é óptima!

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!