terça-feira, 8 de julho de 2014

Gut feelings...










...ou aquela sensação que nos diz para agirmos numa determinada direcção quando aparentemente devíamos seguir a oposta... É mais ou menos este o resumo do último fim de semana e que deixou como moral da história: não voltarás a ignorar a tua intuição! Depois de andarmos dias a pensar se havíamos (porque devíamos) ir de fim de semana, apesar de querermos (mas não devermos) ficar por casa lá resolvemos que "tínhamos" de ir. Saímos atrasados, cansados, contrariados e só com o consolo de estarmos com a família que já não víamos há algum tempo. Depois de um sábado de choro e chuva veio o domingo dos infernos...  Long story short, o Mix - o cão da família há 12 anos - não achou piada à atenção e brincadeira que estávamos a fazer com a Gordinhas e deu-lhe uma dentadita... um chega para lá muito mais vigoroso do que eu gostaria. Está tudo bem! As consequências foram mínimas, a pequena no mesmo dia estava a brincar, gatinhar e andar como se não fosse nada com ela, mas a onda de emoções - medo, raiva, aflição, surpresa - foi gigante! A culpa é nossa que facilitámos e promovemos uma situação que era escusada com a confiança ignorante de quem acha que conhece um bicho por conviver com ele há mais de uma década e quer muito que a garota tenha um animal na vida dela. Não é assim. Os cães também se chateiam, também têm dias maus, também têm as suas manias e preferências. Tendo dito isto tudo, por muito irracional que seja, não deixei de ficar sentida com ele... Logo ele... Mas caraças, ser nenhum neste mundo tem o direito de magoar a minha filha! Anyway... estamos todos bem e é isso que conta e acima de tudo um bocadinho mais ajuizados: o Mix e a Gordinhas vão conviver, claro, mas de uma forma muito mais controlada e atenta! 
E como estes dias foram memoráveis por motivos que não vale a pena recordar, ficam antes as imagens de um outro fim de semana de passeio à deriva!

2 comentários:

  1. a "culpa"... essa eterna companhiera das mães. Estou aqui tb consumida com ela e com o facto de ter ignorado a minha intuição... conclusão: miúdo doente e eu chateada, muito chateada, ainda por cima pq esta semana é a das actividades mais giras lá na escola e a próxima é a de praia :-(

    ResponderEliminar
  2. Ainda bem que foi maior o susto/surpresa do que as consequências da situação em si. E que não volte a acontecer nunca mais nada parecido!

    Andaram pela Graça!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!