sábado, 14 de junho de 2014

Nem o pai morre nem a gente almoça...

É mais ou menos o estado deste blogue! Recuso-me a deixar o bicho morrer mas ao mesmo tempo não cuido dele o suficiente para o deixar sair dos cuidados intensivos (um bocadinho como a alegria-da-casa que herdei da minha irmã há uma meia dúzia de anos e que só me lembro de regar quando está castanha...).

Vamos lá ver como é que a coisa vai correndo... Bear with me...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!