terça-feira, 17 de junho de 2014

Não fui feita para ser gaja!




Mas eu tento! Depois da tentativa de ter as unhas sempre bem bonitas, como convém a qualquer tipa pós-moderna, veio a tentativa de tentar fazer vista com a bela da extensão de pestanas (não sei se estavam todos atentos, por isso, alerto para o trocadilho subtil no âmbito da metáfora ocular). Lá fui eu confiante que sairia da esteticista com a capacidade para fazer um pequeno tufão com um bater de olhos. Depois de uma hora e tal deitada (o que me soube pela vida e se ninguém filmou a coisa, só eu e a Kátia sabemos que bati uma bela soneca com direito a ronco e tudo) abri os olhos e eis que no espelho a minha imagem é devolvida como se tivesse as melhores das máscaras aplicadas aos meus cílios. Fui-me deitar poderosíssima e acordei... com o "poder" todo revirado! Ou porque as minhas pestanas são todas torcidas (que são), ou porque durmo em cima dos olhos (?!... que durmo) tinha as extensões a fazerem quase uma trança! Ainda as penteei e a coisa ia remediando mas a verdade é que se sentia constrangida e a achar que toda a gente estava a perceber que tinha pestanas postiças (não são postiças, mas pronto) e que para além disso estavam todas despenteadas. Posto isto, e para grande espanto da Kátia, hoje, dia da manutenção das ditas cujas, fui lá para as tirar. Vá lá que desta vez não foi à dentada, mas pouco tardou.

5 comentários:

  1. Em tempos andei com a "panca" de tambem meter, mas já passou...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também devia ter esperado que passasse... sempre poupava uns trocos!

      Eliminar
  2. Mas por que raio continuas tu a tentar contrariar a tua natureza?
    Eu cá também não nasci para ser gaja-aperaltada. Sei disso muito bem. Nunca tentei insubordinar-me. Era o que faltava...
    ;p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu tento porque às vezes vai-se a ver e até podia ser alguma coisa a que me habituasse e porque tenho a mania de experimentar e porque quero que a Gordinhas tenha uma mãe que se cuida para ela também ter esse exemplo... mas de facto, já há resultados que devia conseguir prever!

      Eliminar
  3. Também já pensei em fazer, mas toda a gente que eu conheço que fez ficou deveras insatisfeita. Por isso desisti (e também porque é caro).

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!