segunda-feira, 7 de abril de 2014

...e há fotografias disso...



Já percebi que sou uma pessoa irritadiça... deve ser da falta de sono, da falta de sol, da falta de férias... mas ultimamente também fico com os pêlos da nuca eriçados quando oiço os famosos da nossa praça a justificar a sua veia artística:

Fulaninha que desde 1825 apresenta programas cor-de-rosa mas que agora também é atriz:
"Eu sempre quis ser atriz... estudei para TOC e os tempos livres eram passados a fazer macramé, mas tenho fotografias com quatro anos a representar enquanto cozinhava com a minha prima... a fingir que era o Goucha... Isso e no Natal. No Natal, em garota, eu e os meus primos fazíamos teatrinhos para a família."
Não sendo psi, nem pedi, ou algo nas imediações e pouco percebendo de Piaget, quer-me parecer que TODA a gente com 3-6 anos faz teatrinhos, quanto mais não seja na catequese pela Páscoa ou no Jardim de Infância pelo Natal... aliás, na minha ignorância, quer-me parecer que se o não fizerem é caso para preocupação! (Pelo sim pelo não deixa-me ir procurar as foros da festa de final de ano do Jardim Infantil 1986... Como "canto" e "represento" ainda me convidam para o Glee!)

Aspirante a cantora num dos programas de "talentos":
"Eu nasci a cantar! Tenho fotografias com dois anos a segurar a escova do cabelo enquanto cantava o "À noite na cidade"!
Além de artista é génio... Nunca ninguém se lembrou de segurar a escova de cabelo a fazer microfone! E não, mais ninguém cantava aos 2 anos!

Cantor/Ator/Filho de alguém conhecido:
"Eu não queria cantar... Estes meus dois últimos álbuns surgem porque tinha de ser. Aliás, eu nem queria representar... queria ser trolha! Mas depois de ter feito os Morangos com Açúcar lembrei-me, e até tenho filmagens disso, que andava sempre com uma câmara atrás a representar..."

Não percebo porque é que o talento artístico tem que ser justificado com o passado! Juro que estou à espera de ouvir do próximo artista multifacetado da nossa praça:
"No dia da queca os meus pais tinham ido ver o La Féria e quando me fizeram ainda estavam a bater palmas. Até há fotos disso."

Qual é o problema de dizer: É pá, acho piada à ------- (preencher com o talento à escolha) e resolvi experimentar depois de velho?

1 comentário:

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!