terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Eu chego lá!


"America will be as strong as her women", 1941 - 1945

Este fim de semana resolvemos ir almoçar fora. Fomos parvos. Apesar de não o fazermos com frequência, sabemos que toda a gente tem a mesma ideia ao sábado à tarde. Pior, escolhemos a hora que toda a gente escolheu. Tudo bem. Chegámos ao restaurante, à beira-mar plantado a poucos minutos de nossa casa. A fila, até à porta, estava cheia de gente que trata os filhos por "você", usa a mesma tinta loira para o cabelo e usa o "oiça" duas vezes por ciclo respiratório. Quando ao fim de 7 minutos na "fila para dar o nome" (ai as saudades da província...) fui ultrapassada por uma tiazorra ainda fiquei a pensar: "é pá, a senhora se calhar está com pressa... caso contrário não fazia isto". Depois pensei: "olh'á porra! Eu além de estar à espera também tenho fome... e dois estômagos para alimentar!". Resolvi dizer à senhora que não devia ter reparado (ya right) mas que tinha passado à minha frente. Recebo de troca um "se lhe faz diferença então passe lá... ande lá!" Naquele tom nasaladó-afectadó-arrogante, próprio da zona geográfica. Sabe lá deus nosso senhor de onde, saiu-me um "Faz. Faz-me diferença a fome e a má educação." E lá dei o meu nome ao senhor do restaurante. Concluo que as hormonas do mau feitio, que toda a gente diz serem sub-produto da gravidez, vieram na hora certa. Não tarda, episódios destes não se voltam a repetir!

3 comentários:

  1. Abençoadas hormonas. Tenho de conviver com essa sub espécie de gente que trata os putos por você e diz traga e oiça e coisas do género com regularidade e sabe deus o esforço para me controlar: não posso rir nem chorar, mas vontade não me falta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te gabo a sorte! Não deve ser nada fácil manter a compostura principalmente quando se está a milhas dessa realidade!

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!