sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

1/3


O primeiro trimestre parece-me ser o mais chatinho. Ainda assim, as dúvidas, a incerteza, os (mini)enjoos, a falta de energia (mais do trabalho do que da criatura), não foram suficientes para fazer esmorecer a alegria! Mas também, tive a sorte de encontrar uma obstetra fantástica na maternidade onde nasci (e onde o rebento irá nascer) que esclareceu todas as dúvidas, mesmo as mais absurdas! Isso, e amigas/mães, com quem pude falar sem medo de parecer ridícula ou de outro planeta (e umas palavrinhas trocadas com a Débora)! A verdade é que a minha experiência não foi como uma cena de comédia romântica à la Hollywood, em que automaticamente a mulher fica extasiada de alegria e amor a verter por todos os poros ao saber da novidade! Nada disso. Depois de ver no pauzinho "Grávida +3 semanas", não me senti "grávida"! Demorou tempo. Estava feliz, claro mas parecia que não era nada comigo. O não sentir o cachopo/cachopa ajuda para que tudo pareça muito distante e fictício. Não sei explicar melhor. Um pouco por isso, e muito por querer que um dia todas as dúvidas da criança possam ser esclarecidas, comecei um diário para ser lido por ele/ela quando for tempo disso.
Chegar às 12 semanas sabe a alívio. Pelo menos durante um bocadinho... isto porque a maternidade/paternidade não se compadece com a necessidade de controlar tudo (e eu não fazia ideia do quão controladora era)... principalmente aquilo que não está ao nosso alcance!
Agora é aproveitar a segunda parte da viagem... que já leva um mesito de caminho!

5 comentários:

  1. Oh! Que boa surpresa! Muitos parabéns!!! :D

    ResponderEliminar
  2. Muitos Parabéns!!!
    Mas estás uma grávida muito elegante e ainda bem! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... ando com mixed feellings quanto à barriga: às vezes parece-me enorme e acho que estou gigantesca e meio feiosa, às vezes parece-me pequena demais e não me importava de ter um altinho mais baby-like!... Deve ser das hormonas!

      Eliminar
  3. Oh... vê lá que só agora é que estou a ler isto! :) que bom que a nossa conversa te ajudou a ficar mais descansada! As primeiras 12 semanas são um bocadinho mais angustiantes, seja a primeira ou a segunda gravidez, mas depois, como já percebeste, a coisa melhora ;) o 2º trimestre é "do best" :P aproveita!!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!