terça-feira, 18 de setembro de 2012

18. Price




Confesso que esta foto foi difícil... Não é que não ligue a preços, ligo e muito! Mas não é necessariamente o preço que dá mais ou menos significado a alguma coisa que eu tenha... mas há excepções. O meu computador custou-me há mais de 6 anos um rim, um 1/3 do fígado e o pulmão esquerdo. Mas a verdade verdadinha é que já rentabilizou cada cêntimo! Até há coisa de um mês estava fino. Já não tão rápido, já sem grande (nenhuma, vá) autonomia, já sem tanto brilho no ecrã, mas ainda assim, muito acima da média. Mas ultimamente faz uns barulhos não muito simpáticos... parece que está a fritar, literalmente! E já aconteceu, por duas vezes, ter que forçar o desligar. Compreendo-o. Está farto de trabalhar. Precisa da reforma. De ficar em casa tranquilo. Vai daí, o price volta a estar na ordem do dia à medida que se aproxima o momento de arranjar um substituto.

1 comentário:

  1. solidariedade.
    Acho que no dia em que o meu começar a dar sinais de velhice até choro.

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!