segunda-feira, 23 de julho de 2012

Isto... cada um é como cada qual


Este fim de semana vi-me obrigada a confessar ao mancebo com quem partilho os dias um gosto muito particular e um tanto ao quanto bizarro. Contextualizando: a caminho de uma noite de copos e de boa música (esta), passámos por um palco de uma qualquer demonstração ou competição de ranchos folclóricos. Eis se não quando, ouço os acordes iniciais de... um fandango! Senti nesse instante o gene do barrete verde, que me corre das veias por via do meu avô do Riachos, a ordenar às minhas hormonas a manifestação de um certo entusiasmo. Perante o meu parar de abrupto de marcha e rodar de cabeça, não tive outro remédio se não explicar esta minha atitude (bizarra) ao Homem que me levava pelo braço. O meu "acho tremendamente sexy ver dois homens a dançar o fandango" foi respondido com uma entrada em transe profundo! Depois de recorrer às pás de desfibrilhação para trazer o rapaz de novo à vida, lá me tentei justificar dizendo que há ali qualquer coisa - a altivez, o traje (?!), o desafio olhos-nos-olhos, a simplicidade, a elegância, a sensibilidade, a coragem... não sei dizer - que desperta a campina que há em mim.

E para quem ainda se está a rir: quem não tem gostos estranhos que atire a primeira pedra!

3 comentários:

  1. eu estava la! e vi q haviam uma quantidade estupida de pessoas naquela terra. e que mais parecia que tinham aberto as portas da foz e lá tinham vindo todos a trote e a galope invadir a nossa Praia...mas não, esses prazeres, o festival dos ranchos nao me despertou! pra semana tou la de ferias! tou farta de ir às mijinhas, entenda-se de 6ª a domingo!bjo

    ResponderEliminar
  2. estava gente que nunca mais acabava sim senhora!! tanta que não nos queriam deixar sair no domingo! tens mais sorte que eu... férias, férias, só lá para meados de Agosto... é assim a vidinha!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. sim, confirmo que no domingo foi difícil vir embora. o expresso demorou a chegar e depois demorou a sair! isto porque adoptei a melhor solução para quando vou sozinha, o expresso! ah maravilha das maravilhas. não chega a 2h de viagem, tem desconto para cartão jovem, bilhete comprado online, wireless com bom sinal... há coisas que mudam para melhor!
    bjo

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!