terça-feira, 31 de julho de 2012

iPorra... estou agarrada!

Eis o primeiro momento em que caí em tentação

O santo do meu cunhado arranjou-me um iPhone. Já sabia que ia ficar maravilhada e que teria de resistir com todas as minhas forças ao poder demoníaco do instagram (que, como se sabe, transforma pessoas normais em hipsteres). O que não sabia é que algumas aplicações iriam alterar a minha vida!! Eis as aplicações que me aquecem o coração:

- As compras de supermercado nunca foram tão eficazes. E porquê? Porque tenho uma aplicação que me permite fazer a lista à medida que me vou lembrando do que falta em vez estar a escrever em 30 papéis diferentes que acabam por nunca ir juntos ao supermercado! Agora, agarro no cestinho e no telefone e vou "riscando" a lista que foi sendo feita ao longo dos dias!

- Pode ser que a partir de agora a minha actividade física se regularize! E tudo porque há uma aplicação que me diz as distâncias percorridas, a velocidade da corrida, que me permite estabelecer objectivos e que ainda faz gráficos catitas de progresso... e mais importante de tudo, me diz quantas calorias foram à vida!! Dá outro ânimo!

E é isto! Vou ver se há alguma aplicação que não conheço mas que me faz mesmo muita falta!

5 comentários:

  1. Eu não tenho. Mais por a carteira não mo permitir do que por outra razão rebuscada. O meu marido tem e há vários agarrados na família por isso tenho vindo a comprovar que aquilo, de facto, tem aplicações para tudo. Tipo colocares lá os 2 ou 3 ingredientes que tens no frigorífico e obteres uma lista de todas as receitas que eles te permitem fazer. Ainda assim, aplicações parvas como as que traduzem a linguagem humana para "linguagem" dos gatos, o fatify, o oldify e/ou o baldify são das nossas preferidas, o que prova a maturidade que por aqui vai.
    Estou um bocadinho invejosa. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raquel tu não me desgraces! Então há aplicações com receitas! Oh valha-me a santa! Mas uma tarde a brincar com o aparelhometro... Quando ao conversor de línguas, sendo uma dog person, a menos que haja alguma coisa do género para o "fiel amigo" consigo resistir!

      Eliminar
  2. E um gajo não corre o risco de ficar IParvo com isso tudo? Inquieta-me imenso a fronteira entre a ajuda que as aplicações permitem e a falta de aplicação que nos permitem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corre pois! E de viver numa "realidade" paralela, muito menos interessante (para mim)! O truque, para quem não quer ficar iParvo, está na velha formula de sempre: meio termo + bom senso!

      (Isto de me fazeres pensar e me obrigares dizer coisas "espertas"... sou moça que poupa o cérebro!)

      Eliminar
  3. http://itunes.apple.com/us/app/dog-translator-free!/id351995731?mt=8

    :)
    Já eu, sou a "cat lady" desgrenhada dos Simpson.

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!