quarta-feira, 4 de julho de 2012

E o burro sou eu? Claro!




No currículo tinha uma longa experiência política e vários cargos ("experiência política"... a capacidade de fazer cenas e dizer cenas que beneficiem o próprio. Pode parecer simples mas não é!). Já tinha estado no Governo (onde é sabido que para se chegar a primeiro ministro basta ter tirado um curso a um domingo ou, na loucura, tê-lo concluído há dois ou três anos). E concluíra uma disciplina de Direito em 1985 (já é qualquer coisa!!... o quê? foi com 10? Eh pá... o prof. era exigente como tudo). O ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares Miguel Relvas requereu a sua admissão à Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Lisboa) em Setembro de 2006. E concluiu uma licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais em Outubro de 2007, com 11 de classificação final (Parece estranho aparecer aqui um 11. Porquê 11 e não 13, ou 16?, Toda a gente sabe que por estes dias o valor da "experiência política" está cotado em 12 valores). O curso tem um plano de estudos de 36 cadeiras semestrais, distribuídas por três anos (três anos é p'ra meninos! o que é que custa fazer 18 cadeiras por semestre... ainda dava para fazer erasmus e tudo). O presidente da Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado (Apesp), João Redondo, diz que fazer uma licenciatura de três anos só num ano “não é de todo vulgar”.


Pergunto eu: ninguém disse ao senhor que era um excelente candidato às Novas Oportunidades (NO)? Já nem digo às candidaturas para maiores de 23, porque esses têm de facto de dar o corpinho ao manifesto e trabalhar como o resto dos burros, mas o NO tem a cara do senhor!!

Lá estou eu com o meu mau perder! O que fazer... nem todos podemos ser um poço de virtudes!

3 comentários:

  1. Mais um que é apanhado e nada fazem, primeiro o socrates e agora este e se calhar a maioria que está sentado na assembleia tiraram a sua licenciatura do brinde da Skip. E nós é que somos burros por acreditar nestes gajos e só destroem o país de dia para dia. E como detesto politica nao vou discutir mais nada. Lá em casa nao vejo noticiarios, senão há sempre dsicussão pela certa. Gostei do teu blog

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por aqui por estes lados também já se perdeu a coragem para olhar para os noticiários... Eu sabia que comprar marcas brancas no que respeita a detergentes para a roupa não me trazia nada de bom! ;)

      Eliminar
  2. Lindo esse burro! Adoro!

    ***
    Um abraço da França e feliz semana****

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!