segunda-feira, 30 de julho de 2012

Da surrealidade médica


O assunto não é fácil: médicos... e pior ainda, médicos que avaliam as "zonas baixas". Sou um bocado medieval e por isso uma ida à Ginecologista é um feito que precisa de ser preparado psicologicamente durante muitos meses (em alguns períodos, podemos estar a falar de anos) e a camada de nervos que desce em mim não se compadece com hesitações ou falsas partidas. Junta-se a este medo irracional o facto de ter de arranjar médicos pelas bandas da grande alface. Depois de pedir a quem domina o panorama por indicações e depois de ter eliminado todas as alternativas que implicavam a venda de um rim, liguei para um clínica que prometia um bom serviço:

Gulhim - Clínica Iluminada*
- Bom dia. Gostava de saber qual o valor da consulta de ginecologia com o seguro Y.
- Ah mas a Clínica da Iluminada não tem acordo com o seguro X.
- Pois... não é o seguro X é o seguro Y...
- Só um momento [música]. Olhe, tem de ligar para a seguradora porque são eles que têm essa informação.
- Ok. Obrigada.

Guilhim - Seguradora
- Bom dia. Gostava de saber qual o valor da consulta de ginecologia na Clínica Iluminada.
- Mas essa informação quem tem é a clínica. Tem de ligar para lá e pedir para lhe darem os valores das tabelas blá blá blá.
- Ok. Obrigada

Guilhim - Clínica Iluminada
- Bom dia. Gostava de saber qual o valor da consulta de ginecologia de acordo com os valores de tabela do seguro Y.
- Não podemos dar essa informação só valor da consulta que é de "é caro para caraças" euros. Se quiser  saber o valor com o desconto do seguro tem de pedir essa informação à seguradora [juro que me pareceu ouvir um dah].
- Mas foi de lá que me disseram para vos contactar...
- Pois... mas não é! Nós aqui não podemos dar essa informação.
[momento de conversa mais acalorada]
- Sendo assim acho que não vale a pena continuar a insistir neste serviço e será preferível procurar outra clínica.
- Também me parece melhor. [Só para reforçar a ideia: a assistente, porque não estava para se cansar para me dar uma informação, disse que de facto o melhor seria procurar outro serviço).

Guilhim - Seguradora
- Bom dia. Não consigo saber os valores de consulta de ginecologia na Clínica Iluminada. Será que me pode ajudar?
- Bem, terá de ligar para lá e pedir de novo a informação e se não a derem pode expôr o caso.


Guilhim - Clínica Iluminada
- Bom dia. Gostava de saber qual o valor da consulta de ginecologia de acordo com os valores de tabela do seguro Y.
- Então o valor é de "não tão caro" euros.
- E a Médica C está disponível?
- (riso) Não!! A Médica C já não atende primeiras consultas há muito tempo!
- Então e que médicas podem atender?
- A Médica A, B, D, E... mas só em Outubro!
- Sendo assim obrigada!

E foi assim o meu momento surreal do dia! Estou para lá de irritada e frustada! Já estava mentalmente preparada para a sessão de tortura e agora sai o plano furado! Não me entendo com esta terra! Vai daí prefiro fazer os meus 200km e ir à província para ser atendida por quem fala a mesma língua que eu!

Uma referência pouco subtil ao Hospital em causa.

4 comentários:

  1. Depois de me ter acontecido algo parecido.. passei a fazer assim; telefono e peço para marcar uma consulta para a médica tal. Vou à consulta e na hora de pagar...apresento o cartão da seguradora. Corro o risco de ouvir um raspanete do género;
    - ah... no ato da marcação deveria ter dito que era pela seguradora...
    - Peço imensa desculpa, mas não sabia que era necessário...
    ..pois sim, para não ter consulta no próximo meio ano....penso para mim
    Sandra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto só consegui ter alguma informação de jeito quanto liguei para as marcações não para as informações... o que me parece parvo! Mas é bom saber que não é só incompetência social minha...

      Eliminar
  2. Olá Guilhim, tenho espreitado o teu blog e adorei tanto esta conversa que não resisti em comentar!! Tive uma conversa idêntica (não sobre preços mas sobre exames ao sangue) com uma dermatologista duma clinica de Gaia que me pareceu tão surreal que não tornei a meter lá os pés!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sandra! Que sejas muito bem-vinda!

      Pois estes senhores comigo também já não contam e se alguém me pedir uma opinião não tenho grandes dúvidas sobre o que dizer!

      Houvesse alguém para explicar a estas almas que perdem clientes com esta atitude!

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!