sábado, 19 de maio de 2012

Enfermeira Guilhim Maria, em que posso ajudá-la?!


Desde de Dezembro que andava com uma quenga de uma alergia à volta dos olhos que me dava um ar de agarrada bonito de se ver: borbulhinhas no contorno dos olhos, olheiras, pele sensível e vermelha... Coisa simpática! Como a minha pele é uma caca, alérgica a tudo e mais um par de botas, pensei que fosse o stress do doutoramento a manifestar-se (sou dessas... das urticárias e o raio). Com o medo que tenho de médicos, tentei fazer tudo o que me parecia razoável antes de dar esse passo extremo: compressas com chá de malvas nos olhinhos; mudar de creme de cara e de olhos; deixar de usar creme de olhos; deixar de usar creme de todo; mudar a alimentação; deixar de usar maquilhagem... e aquela praga d'um raio não havia meio de passar. Ainda tentei ser uma daquelas chatas que pede ao amigo médico só para dar uma vista de olhos... mas Coimbra é longe, o fim de semana é um momento pouco simpático para as cunhas e deixei a coisa andar até que as borbulhinhas se espalharem por toda a cara. Sim, estava feita num bicho! Liguei para a linha Saúde24 e mandaram-me ir ao médico. Não fui (a consciência manda-me dizer que devia ter ido)! Fui à net (a consciência manda-me dizer que não recomendo). Inseri os sintomas no Doutor Google e veio de lá diagnóstico mais estapafúrdio dos últimos tempos: alergia ao verniz das unhas. A rir-me liguei para a Mãe Fatinha para dar a novidade estapafúrdia. Pouco tempo depois recebo novo telefonema com a senhora minha mãe a dizer-me: "Filha, olha que diz que sim... que há pessoas que fazem alergias desse tipo ao verniz... (mamãe tem connections no mundo dos médicos). Não precisei de mais nada: acetona em barda para cima das unhas e a esperança que no mesmo instante a borbulhage tivesse desaparecido... só tive de esperar uma semana e estou quase fina! Por isso mulheres que por aqui passam: se virem que há uma alergia qualquer (a consciência manda-me dizer) vão ao médico e tirem o verniz!

5 comentários:

  1. Jura! Nem de propósito.
    Ainda hoje falei com a minha mãe sobre uma alergia estúpida e misteriosa que anda há semanas pelos meus dedos da mão esquerda apenas, o que me tem feito excluir tudo quanto seja causa com o argumento «ah, mas então porque é que não tenho na mão direita, que até sou dextra?».
    Também sou demasiado agarrada para ir ao derma, se depender da net, tenho cancro, e tenho andado a pôr Fenistil para a coceira, mas fico com a pele a estalar; depois ponho creme Nivea e fica a arder, enfim.
    Já tirei o verniz; agora vamos ver!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rachelet: diz que sim! Que pode ser e que é muito comum... para quem rói as unhas a alergia pode aparecer na boca!! Pelo sim pelo não acho que prefiro vir a ter (ainda é cedo para pensar nisso) dois vernizes à séria e antialérgicos do que 20 dos andreias e risques e coisas do género!

      Boa sorte e vai dando notícias!

      Eliminar
    2. Mas esse é o problema: eu não uso desses vernizes rascos - nem é por snobismo, porque sou pobre como toda a gente, mas não encontro à venda perto da minha zona. Há anos que uso os da Rimmel London (vendem no Continente), que custam quase 5 mocas (para mim, é carote), porque duram imenso, secam depressa e têm um pincel perfeito para passar uma vez e já está. Vamos lá ver... Só me faltava ter de passar a dar 20 euros por um verniz... Passava já a pintar as unhas com canetas de acetato!

      Eliminar
  2. O meu homem tem isso ocasionalmente e nunca usa verniz (ou então usa transparente e é discreto, que nunca me apercebi! lol)

    São eczemas, há para todos os gostos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seja lá o que for, a verdade é que sem verniz já não tenho!! Quanto aos eczemas tenho um bonito exemplar nos braços... já disse que tenho uma pele de caca?...

      Eliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!