segunda-feira, 26 de março de 2012

Otaria flavescens

Imagem: eu de perfil, na minha última ida à praia, com o buço por fazer

Sou um bocado otária... não sou totalmente otária porque tenho a mania que a mim não me enganam, o que faz de mim (só) um bocado otária. Ora, uma pessoa vê um filminho sobre quererem apanhar o mau da fita (o tal do Kony... que é feito pelo tipo que se passou dos cornos da cabeça) e vai-se a ver, a coisa não é assim (obrigada Dulce pela informação e pelo dilema moral em que me colocaste... raios!). Depois descobre a última coca-cola no deserto da internet (o tal do Pinterest) e em menos de nada recebe percebe que a coca-cola é capaz de estar estragada...  e que andamos todos a arriscar ir para o xilindró de cada vez que fazemos um pin sem ter a autorização por escrito dos autores das imagens...

Vou mas é para a minha gruta fazer fogo com pedrinhas e pintar nas paredes e assim já não me levam pela certa!

6 comentários:

  1. Eu tenho mau feitio (é das primeiras coisas para as quais preparo quem acaba de me conhecer, até escrevi no perfil para não me virem nunca dizer que não estavam avisados) e, por isso, não pouso nunca o pé em gelo sem ter a certeza de que tem espessura suficiente. Ainda assim, volta e meia também posso tirar fotografias destas! Mas o video do Kony, que nunca comentei nem partilhei em lado nenhum, caiu-me mal à primeira vez que o vi. Fez-me soar imediatamente a campaínha do detector de balelas encobertas no apelo fácil ao emocional. Era tudo muito preto no branco, lugar comum fácil. Não digo que o Kony não seja uma pessoa terrível a merecer castigo pelos seus actos, mas este circo é demasiado bem montado para não ter interesses políticos mais obscuros por trás!

    Quanto ao Pinterest acho que é mesmo uma ideia vencedora. No meu caso, tento sempre colocar pins de que possa identificar a fonte mas subscrevo isto:

    http://fatamadrinaeventi.blogspot.pt/2012/03/la-mia-verita-su-pinterest.html

    :)

    ResponderEliminar
  2. Eu cá enfio o barretinho até ao nariz! Confesso, que num primeiro momento do filme do Kony também me deixou com a pulga atrás da orelha, mas depois pensei, "é pá com gajos do governo americano a dar a cara, de certeza que isto é tranquilo"... mentalidade de carneiro, já sei (e vai-se a ver continuamos no reino animal)!

    A cena do Pinterest, pensei que tinha tudo para funcionar! Se remete para os autores, então vale a pena! Não estava à espera que me furassem os planos!

    Para a próxima fico quieta e pronto!

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Mas estás a pensar deixar o Pinterest? :(

    ResponderEliminar
  4. Para já não. Gosto da ideia de poder ter as "ideias" organizadas. Era já uma estratégia que usava mas de um modo muito mais rudimentar e confusa. E apesar de não usar o Pinterest para nenhum outro fim que não esse (o de organizar as ideias) vou ter algum cuidado e contenção!

    ResponderEliminar
  5. Podes espalhar "like"s pelas imagens sempre que te apetecer! No fundo estás a elogiar o proprietário e/ou autor e ficas na mesma com a imagem disponível para consulta quando a quiseres. Eu abuso disso!

    ResponderEliminar
  6. Boa dica! Acho que vou deixar de abusar nos pin e passar a abusar dos likes!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!