terça-feira, 20 de março de 2012

Cousin Vera #2


Há talvez uns 23 anos, a minha irmã fez a letra de uma música que, desse dia em diante, passou a ser tocada em tudo quanto era espectáculo dos "Heróis da Música" (agrupamento musical, ou espécie de orquestra, dirigida por um conhecido maestro da nossa terra natal). E rezava assim a música intitulada "Ni-Cá-Mó":

[uhm uhm]

Mas que lindo dia,
Doce quimera,
Flores tão bonitas,
É Primavera!

Mas se é Primavera,
Há passarinhos,
Que com as palhinhas,
Fazem os ninhos.

Há três pontos a destacar neste momento:
- tomem lá autores-de-blogues-intelectuais-que-vão-buscar-poemas-do-arco-da-velha-que-ninguém-conhece, que eu também sei dar um toque de eloquência aqui ao estaminé! vai'buscar!
- sim, a nossa mais velha era e é um pequeno génio!
- creio que passámos ao lado de uma importante carreira no mundo da música... sim, que eu tocava bandolim durante a adolescência (esse instrumento cheio de sex-appeal)... basta recordar este episódio;

6 comentários:

  1. hahahahahahhahaah

    Candidatem-se a qualquer coisa (tu e a tua irmã) que têm o meu voto, de caras!

    ResponderEliminar
  2. Raquel, deste-nos o incentivo que precisávamos (somos umas fáceis)!! 'Xâ-ver se ainda estão a dar bilhetes para os Ídolos!

    ResponderEliminar
  3. Mas que riso este post e o da Nazaré pum pum!
    Quando te vir, lembra-me de te pedir para me cantares esses hits!

    bjo

    ResponderEliminar
  4. Bandolim?! lol os poemas intelectuais têm os dias contados se a tua irmã se lembrar de fazer mais destas ;) bjs

    ResponderEliminar
  5. Tweed: lamento mas fomos proibidas de cantar a "Nazaré pum-pum"... o tribunal dos direitos humanos diz que está de olho em nós...

    ResponderEliminar
  6. Dulce: eu sei... bandolim... e a minha irmã, vá-se lá saber porquê, fez um desvio e dedicou-se à química!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!