terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Dinheiro bem gasto

Esta versão do livro foi-me emprestada pela minha irmã e devidamente terminada antes de pôr os olhinhos na tela do cinema

Fomos ver o "The girl with the dragon tatoo"... recuso-me a decorar o título do filme em português porque associo-o ao um qualquer filme do António Pedro Vasconcelos. E não é que valeu bem a pena! Foram três horas muito bem passadas... apesar de achar que o meu corpo não foi deito para estar sentado naquelas cadeiras. 
Hoje em dia com o preço a que os bilhetes estão uma ida ao cinema, para mim, aproxima-se muito à experiência que viva em criança. Tornou-se um momento especial e não ficava nada triste se voltássemos a bater palminhas quando começam a passar os créditos finais... e este era um dos que merecia um bom aplauso!

4 comentários:

  1. É um filme que não tinha a mínima vontade de ir ver ao cinema mas já várias pessoas me disseram o mesmo... começo a ficar curiosa.

    ResponderEliminar
  2. Guilhim,
    ainda não vi essa versão de Hollywood, mas vi os três filmes suecos (a mesma nacionalidade do autor dos livros) e achei-os soberbos! A actriz é fenomenal (http://www.imdb.com/name/nm0636426/) e muita gente que vê as duas versões prefere-a à Rooney Mara. Sinceramente quando vi os 3 filmes achei que o cinema sueco estava «muito à frente» e por isso não percebo a necessidade de Hollywood ter que repetir a dose... às vezes parece-me que andam desinspirados por aqueles lados! :(

    ResponderEliminar
  3. Dulce, confesso a minha ignorância!! Não sabia que havia uma versão sueca... e agora fiquei com vontade de espreitar! Mas devo dizer que para "americanada" a coisa não está má! Ainda assim acho que vou ver se deito um olhinho à versão original!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!