quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Crise para que te quero

Há apenas poucas centenas de dias estava a ganhar três vezes mais do que actualmente, tinha menos despesas, menos responsabilidades fixas e melhores perspectivas de futuro. Hoje em dia todas as decisões que tomo que envolvam gastar dinheiro, directa ou indirectamente, são pensadas e repensadas. Muitas vezes apetece-me mandar tudo à merda, emigrar, enfiar-me num buraco ou tudo ao mesmo tempo, mas a maior parte das vezes dou por mim a pensar em estratégias de contornar esta vida castrada e a achar piada ao exercício! 

imagem daqui

- Viagens para o estrangeiro estão fora de questão, mas explorar a nova cidade em que vivo está à distância de um bilhete de metro;
- Comer em restaurantes foi programa do passado, agora entretenho-me a escolher a melhor receita para testar os meus dotes culinários. Isso e o cheirinho do pão fresco feito por mim logo pela manhã... impagável;
- Cineminha... era fixe, mas não sei se fica atrás das duas horas de enroscanso sem telemóveis a chatear, comentários parvos e pipocas a dar com um pau!;
- As compras da semana são agora um exercício de escolha do que é nacional. A horta dos sogros e o pomar do pai voltaram para relembrar o sabor da comida a sério;
- A escolha comodista e impessoal da compra de presentes foi substituída por tempo dedicado a fazer um mimo à pessoa de quem gostamos;
- Adorava tir à Boconcept e escolher tudo o que falta para a minha casinha ficar à maneira... mas a alternativa de restaurar os móveis dos pais e avós e fazermos algumas peças mais pequenas vai fazer-me sentir mais em casa;

...só ainda não arranjei substituto para aquelas sessões de compras de gaja... os vestidinhos [ressaca], as camisolinhas [ressaca], os casaquinhos [ressaca], os colares e pulseiras [ressaca], os sapatos [ressaca], as malas [ressaca]... e confesso que dava um dedinho e a vesícula (que assim como assim não faz grande falta) para uma tarde de tête à tête com as minhas lojinhas do coração... mas eu chego lá!

2 comentários:

  1. Always positive :)

    Melhores dias virão, com certeza.

    ResponderEliminar
  2. Cucuca!! Que bom ver-te por aqui!! Estes tempos já são porreiros!! Sempre dá para puxar pela imaginação!! (mas de facto não me custa nada puxar pela imaginação e dizer uns quantos destinos de viagem!!).

    Saudades tuas e dos coffe/cigarrette breaks!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!