domingo, 28 de agosto de 2011

Interrompe-se a estagnação a que está sujeito este blogue para informar que:

No passado sábado, foi dia de casamento. Não o meu, mas de alguém muito próximo. Vai daí, foi necessário o recurso a litros de cera para limpar os pêlos de zonas mais ou menos iluminadas pelo sol (tenho cá para mim que as meninas da fotodepilação são mais sádicas do que competentes), horas de trabalho a pinça para desfazer a mono-sobrancelha que entretanto se formou, rebarbadoras potentes para deixar suaves cascos pés e mãos. Depois da quarta de mão de base, sombras e afins, consegui disfarçar o meu ar de mulher das cavernas... e para quê? Para no fim da noite a minha irmã me dizer que tinha pequenas fibras do meu vestido preto cai-cai, agarradas às axilas, dando aquele ar de revolucionária dos anos 70 que tenta pela via pilosa afirmar a sua independência. Bonito, portanto!



E pronto... e agora vou continuar na minha reclusão. Daqui a dias prevejo ter a minha primeira saída precária... vamos lá ver se me continuo a portar bem!

6 comentários:

  1. Estou MUITO contigo, pequenita :)
    Beijinhos e saudadinhas!

    ResponderEliminar
  2. Oh princesa R. se soubesses como me soube bem esse "estou contigo" hoje...

    Beijo grande e obrigada!

    ResponderEliminar
  3. Solidariedade!

    já me aconteceu...

    andei todo o dia a passear por lisboa com uma t-shirt preta de linho e mal sabia das figuras q andei a fazer, até calhar de olhar para baixo dos braços e morri de vergonha...
    :D

    ResponderEliminar
  4. R: também tenho saudades de ti... e de mim!!

    ;)

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!