terça-feira, 5 de julho de 2011

A jeitosa vs O jeitoso

Aqui pelas minhas Beiras, chama-se "jeitoso" ao homem que ganha a vida a fazer biscates... Isto dito assim até pode levar a outras interpretações... Clarificando: aqueles senhores que vão a casa das pessoas e que tanto desentopem os canos, como montam um candeeiro, ou arranjam o rádio. Figura reconhecida por todos e tradicionalmente desempenhada por homens... e todas as suas limtações (não é uma crítica... mas também não é um elogio... é uma constatação!)
Na família corre um gene, que se bem aproveitado, nos poderia ter tornado nos Belmiros dos biscates domésticos: entre o avô, tios, primos e irmã, todos têm do dom de arranjar pequenos e grandes engenhos (mesmo que por vezes sobrem partes... todos são unânimes em afirmar, que não servem para nada!). Cá por casa, essa missão sempre coube à minha irmã, que já conheci a montar motores para uns carros da mecano e da lego e que quando as hormonas lhe ocuparam o espírito, se voltou para o fabrico de cosméticos caseiros que, por ser contra o teste em animais de laboratório, testava em mim... que afinal sendo animal não estava confinada ao laboratório. A mim sempre me coube o papel de não estragar, não avariar. De facto, levei décadas a aperfeiçoar esta técnica! Até este fim de semana... que forçada pela emigração fraternal, lá tive de assumir o lugar vago de "jeitosa"!

Photo @ Flickr by 7dayhandyman

Mãe Fatinha: Estive a ver o preço das máquinas de lavar... não me dava jeito nenhum agora...
Guilhim: Então?
Mãe Fatinha: A máquina de lavar não abre, tem lá roupa e não despeja a água... se chamo cá um homem é um dinheirão... mais vale comprar uma nova...
Gulhim olhando para a máquina prestes a colocar em acção os truques que conhece: [desliga; espera 10 segundos; liga... Nada!] Uuuuhhhmmm [desliga no quadro; espera 10 segundo; liga... Nada] Vamos tomar café que na volta penso melhor neste assunto.

Enquanto tomamos café é feito o diagnóstico: é o filtro!

Chegada(s) a casa, vai de tirar o filtro devidamente preparadas para estancar o dilúvio da máquina, com copos medidores, travessas e outros instrumentos do género. Depois disso saca-se o filtro e... NADA! Limpinho, limpinho! Dedos espetados no orifício - como que vê se há ovos no dito da galinha - e eis que a máquina começa a cuspir ganchos de cabelo*... Limpa daqui, limpa dali e ei-la a funcionar! Já agora vemos o que se passa com a máquina dos sumos. O problema é do botão on e off. Desmontar a máquina. Encontrar a patilha. Colocá-la na posição certa. E eis a máquina dos sumos a trabalhar.

Mãe Fatinha: Oh filha... já agora também me davas aqui um jeitinho ao cabelo...

E é esta a grande diferença entre um "jeitoso" e uma "jeitosa"... As jeitosas são mesmo jeitosas... dão um jeito em tudo!

* Tenho um problema com ganchos do cabelo... eu até me tratava mas acho que não há nenhuma comunidade anónima para o efeito...

2 comentários:

  1. Ainda bem que avisas...quando precisar já sei que "jeitosa" vou contratar...;)Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Cátia: passo recibo e tudo! Não dou é garantias...

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!