segunda-feira, 20 de junho de 2011

Post em versão agenda



Quando era garota passavam um desenhos animados intitulados "a mais louca corrida do mundo". O meu paralelo quotidiano viveu-se a semana passada. A ideia era descer para a capital na segunda, apanhar as chaves da casa onde se vai viver on-'n-off até Setembro e em full time a partir daí, e seguir no mesmo dia para Coimbra... mas vai-se a ver e essa não era mesmo uma alternativa:

Segunda-feira:
- Seguir para Lx uma hora mais tarde do que se esperava, depois do carro ter decidido empancar carregado com uma mesa, uma mala de roupa e muitos utensílios de cozinha, provocando um novo esforço de arrumação e uma viagem que dificilmente chegaria a rondar os limites de velocidade impostos legalmente!
- Apanhar as chaves com o senhorio já o sol se estava a pôr!

Terça-feira:
- "Loja do cidadão das Laranjeiras" a.k.a. "a-tentativa-de-se-bater-o-record-de-enfiar-o-maio-número-de-pessoas-por-metro-quadrado".Contrato da luz feito. "Se quiser podemos agendar a instalação para quarta-feira de manhã." "E podia-me dizer se é possível por volta das 13h, que é quando há gente em casa?" "Não minha senhora, aparecem ou de manhã ou de tarde, mas não se sabe a que horas" "[sendo assim tenho de ir para Coimbra na quarta] pode ser então..." :/
- Loja do gás (depois de 1h45 à procura da filha da puta da rua, sob um sol de 40ºC com um carro de 1996 que o mais parecido que tem com o botão de ar condicionado é a manivela dos vidros): "ah não tem o contrato assinado e carimbado?..."; "não... é apenas uma cópia"... "ah... pois... assim não podemos fazer nada..."

"Quarta-feira":
- Carregar o carro com tapetes e tudo o resto que pudesse fazer falta e que estava disponível!
- Instalação da luz e a descoberta da pessoa mais antipática do mundo! "Bom dia! Obrigada por ter vindo. Precisa que vá buscar o contrato?" "Não! Preciso de fazer isto rápido para me pôr a andar daqui para fora"!
- Encontro com o o senhorio para mostrar alguns dos problemas da casa e convencê-lo a resolvê-los...
- Nova tentativa de fazer contrato com os senhores do gás. "Então, está tudo certinho... vamos lá agendar um dia para a instalação..." "se pudesse ser para amanhã ou sexta por volta da hora de almoço ou depois das sete era o ideal" "[um sorriso sarcástico sai na minha direcção] minha senhora, nós trabalhamos da parte da manhã até às 12h e da parte da tarde até às 17h... e terá de estar em casa num destes períodos... quanto ao dia, só tenho a segunda-feira!" "[oh c'um caneco tenho que andar para cima e para baixo mais um dia... (mal eu sabia)] sendo assim pode ser..."
- Carregar sofá e otras cositas para a nova casa com a ajuda dos melhores anfitriões do mundo!

Quinta-feira:
- Limpezas mode on. E sobre este assunto devo dizer que o estado da casa era o espelho que se passava no fogão, onde jazia uma travessa de pirex com restos de uma receita de carne assada... feita em Março!! Depois de duas pistola de Cilit bang gastas (uma com lixívia e outra com amoníaco... o que ao fim de algumas horas resulta numa valente dor de cabeça) a coisa/casa estava pronta para começar a ser limpa!
-Depois de duas horas de sono (e talvez por isso mesmo), o meu consorte resolve que nada como o presente para tratar dos assuntos pendentes, e lá fomos nós de papel e lápis em riste e as continhas todas muito bem feitinhas, para comprar o recheio de meia casa! 4h depois, as compras estão feitas, o nosso carro carregado e à volta de 1 tonelada de madeira por montar, à frente do balcão da transportadora. "Vamos lá então agendar a entrega... ora podemos entregar amanhã da parte da manhã. Vão querer?" "[perdida por cem, perdida por mil] pode ser então!"
- 1h30 perdidos em Lisboa à noite porque cada um de nós só tinha 1/3 de cérebro a funcionar o que dificulta a tomada de decisões acertadas! Esperavam-nos em casa, cobertores que serviram de colchão e toalhas que serviram de manta e uma noite santa!

Sexta-feira:
- Receber os senhores da mobília e começar a montar a dita cuja como se não houvesse amanhã!
- Rumar até à máquina de lavar mais próxima, que fica na nossa casa na Nazaré.

Sábado:
- Matar saudades da família e do bem que faz à pele passar duas máquinas de roupa!
- Ainda assim, e no meio de muitas sestas ainda houve tempo para um copito!

Domingo:
- Arrebanhar tudo o que cabia no carro e que fazia falta na casa nova!
- Nova ida ao Ikea para trazer o que estava em falta.
- Novo serão a montar móveis... a coisa até teria corrido bem, não fosse a acéfala que vos escreve, ter achado que um móvel escuro ficava bem com uma trave clara mesmo no frontispício do dito cujo!

Segunda-feira:
- Receber os senhores do gás e fugir para Coimbra na tentativa de pôr o trabalho de uma semana em dia!!

E eis-me aqui a negociar com a minha própria pessoa a melhor hora para me agarrar ao trabalho!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!