terça-feira, 14 de junho de 2011

Isto deve dar um record do Guiness! Só pode!!

"Oh pequena Guilhim, mas como é a nossa vida que já não passas cartão nenhum aqui ao estaminé virtual?" Perguntarão os meu 3 leitores fiéis. Eu respondo. Imaginem que têm 4 meses para acabar um trabalho de 4 anos. Imaginem que esse trabalho vai ser avaliado à lupa e vocês por azar, têm uma espécie "astigmatismo" laboral que vos impede de ter os pequenos detalhes devidamente luzidios. Imaginem que apesar disso, se preparam para fazer a 5 mudança de casa/vida desde que resolveram embarcar nesta loucura... e para variar a 200km da casa-mãe e a 100km da casa-do-coração*, enquanto tentam gerir um emprego (que é pago por meio apesar da dedicação por inteiro), as horas intermináveis de viagens e a procura de outro meio que complete o um! E é isso! Entre todo este exercício de imaginação - que vai-se a ver é a minha realidade - não sobra espaço para a inspiração!



Se por acaso andar por aí alguém que tenha passado pelo mesmo, estou interessada em saber como sobreviveu... mas apenas e só se me explicarem como se mantiveram com uma pele radiosa, tonificadas abdominalmente, sem 1 ou 7 hérnias e sem olheiras que se estendem ao ponto de poderem nadar nelas pequenos cardumes de peixinhos laranja!

* a parte boa é que para variar não estou sozinha, muito pelo contrário, nunca uma pessoa valeu por tantas!

8 comentários:

  1. Vais sobreviver com pele luzidia, sem hérnias e tonificada. A parte das olheiras é que é pior!

    :)

    ResponderEliminar
  2. Porque és muito mais espectacular que quase toda a gente, vais conseguir fazer tudo e ainda permanecer linda e kika e tuditudi.
    Miss u :)
    Beijinhos e boa vida junto ao mar :)

    ResponderEliminar
  3. Rosa: só mesmo essas garantias é que me animam... e já agora, sintomas de alzheimer ou pura loucura (do género de não saber o que se fez ao elástico do cabelo no preciso momento em que este é pousado na secretária... é normal?... ou desatar num pranto porque nos disseram que temos de voltar a um lugar quando o cansaço já não fazia prever que chegássemos lá na primeira vez... também é normal?)

    Princesa R.: o que eu dava por um cházinho e dois dedos de conversa... ou isso ou colinho...

    ResponderEliminar
  4. Só posso enviar energia positiva para que no final ainda sobre muita para iluminar mais a pele e a alma :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Se é verdade que (só) tens 3 leitores fieis então 33,33(3)% estão quase como tu. Vamo-nos amparando... Bjs e força
    C.L.

    ResponderEliminar
  6. Ai sobrevives, sobrevives! Não perguntes como mas que sobrevives sobrevives e quando olhares para trás, minto, nem vais olhar para trás, só vais ver para a frente e pensar que gostas que valha a pena!

    ResponderEliminar
  7. Três?! Só três?!!! E eu, em que categoria é que estou? ;)

    Seja qual for, certo é que estou a torcer para que as mudanças corram pelo melhor, assim como os deveres laborais!

    E quando tiveres um minuto para deliciar um gelado na Conchanata, avisa! Se bem que por agora estou mais por Coimbra...

    ResponderEliminar
  8. ui! tanto miminho!! obrigada a todas!! agora vai ser bem mais fácil voltar a encarrilar!

    Beijos a todos!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!