quarta-feira, 1 de junho de 2011

The final countdown

Ontem, depois de um mega passeio com o Bogas, dei conta que uma carraça se tinha afinfado à carne do meu pé. Arranquei-a motivada por uma onda de repulsa que se apoderou das minhas mãos e contra a qual a sacana lutou, mas sem sucesso. Ainda tenho a marca. Estou calma... mas terei de concretizar todos os planos que tenho para os próximos tempos, em 3 semanas, não se vá dar o caso de ficar doente e ir desta para melhor. Se me safar, não me posso esquecer de pedir uma declaração ao médico, sobre os efeitos nocivos da febre da carraça e desta forma explico facilmente na arena da defesa, a falta de coerência e qualidade científica da minha tese. É tão bom ser portuguesa! Há sempre um "bode" com arcabouço suficiente para assumir as culpas da nossa incompetência!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!