quarta-feira, 4 de maio de 2011

E são 97!


 Hoje é dia de festa! Corria louco o ano de 77, quando a mãe Fatinha resolveu, que o dia do seu vigésimo nono aniversário era perfeito, para dar à luz a mana mais velha! Vai daí, o 4 de Maio é por estes lados, muito semelhante ao Natal, já que os presentes são a dobrar e se multiplicam os votos de um dia feliz

Isto é tudo muito giro, é uma coincidência muito feliz, são duas pessoas extraordinárias-fantásticas-maravilhosas-corajosas-inteligentes-lindíssimas a fazer anos, mas vamos lá analisar as coisas de uma outra perspectiva: a minha, a da miúda, a da caçula! 


 Ora, a época de festividades inicia-se com papai a 19 de Abril, ou seja, um mês depois do dia do Pai. Representando ambos a mesma figura reverenda, devem ser celebrados com presentes, que funcionam como um indulto sobre os famigerados anos da adolescência, em que um homem feito e pacato, teve de conviver com as angústias próprias de uma rapariga em pleno desenvolvimento hormonal. 


 15 dias depois, mais coisa menos coisa, temos então o ponto alto de celebrações: dia da mãe; aniversário da mãe; aniversário da mana, todos eles merecedores de ofertas que representem o apreço que sentimos por tais figuras. Ainda dentro da mesma semana de Maio acontece o quê? A Queima das Fitas, que como qualquer bom estudante ou habitante da cidade de Coimbra e arredores saberá, coincide com as noites em que, e está provado, quando posto ao ar o dinheiro se evapora. Quando surge o solarengo e glorioso dia 21 (que vai-se a ver, é o meu dia de nascimento), sobram os parabéns ditos, e a oferta de um sorriso!... a que invariavelmente retribuído com outro... em tons amarelados...


 Seja como for, duas das mulheres mais extraordinárias deste mundo fazem anos, e eu não podia estar mais contente!

2 comentários:

  1. Sempre pensei que um sorriso valia ouro, mas parece que tens preferência por presentes mais substanciais. Vou ver o que se arranja este ano ;)

    Obrigada e beijitos :)

    ResponderEliminar
  2. Vamos lá repor a verdade... eu recebia presentinhos... dos bons... eu sou é um bocado mimada com tanta gente fantástica à minha volta!!

    Vem mas é para cá e trás o sol para passarmos os nossos diazinhos de relax!!

    Beijinho

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!