quinta-feira, 14 de abril de 2011

Isto está escasso de ideias e inspiração...

...por isso resolvi roubar a estupenda, maravilhosa e genial ideia da Rachelet. E porquê tamanha adjectivação? Para que o abuso não pareça tão grande e porque aprecio verdadeiramente o Poplex!



Ora então, têm pelo menos 24h (espero que chegue para germinar uma ideia suficientemente suficiente para pôr aqui) para perguntarem o que quiserem... menos a chave do Euromilhões... que isto nunca se sabe, pode dar prémio e depois tenho de me ir atirar de uma ponte abaixo e sou pessoa para não gostar de alturas... fora isso, podem (vocês os 3 que vêm cá e tu mãe também) perguntar tudo o que vos vai na alma!

Quem se chega à frente?

15 comentários:

  1. Oh god... *vénia vénia vénia* (3x que é pela adjectivação).

    Então vou inaugurar a coisa:

    Qual o teu top 3 de viagens de sonho*?

    * por fazer ou feitas, caso sejas tãããão viajada que já não te sobram destinos de sonho (será isso possível?)

    ResponderEliminar
  2. Ora "being"... qual viajada qual quê! bem eu queria... ainda falta muito mundito para ver...

    Top 3 então...
    1º Índia "portuguesa": a mistura que deve ter resultado de termos andado por lá deve ser brutal!! Casinhas todas rocócó cheias de cores e cheiro a caril!

    2º Nova Zelândia: porque gostava de ver marsupiais e Maoris ao vivo (?!) e juntar o verde ao mar!

    3º Nova York ("offchoice"!): dos states, tirando as ilhas das caríbas que dão uns mergulhos e tanto, não há muito mais que me atraia...

    hecho!

    (Para quem quiser contribuir, terei muito gosto em facultar o meu NIB)

    ResponderEliminar
  3. As 2 primeiras também estão no meu top (quer dizer, no top 10 para a Índia, mas a NZ está no top 3, logo ali a seguir ao Japão e ao Cambodja).

    NY é giro, mas por amor dos santinhos, não visites nem no Inverno nem no Verão.

    ResponderEliminar
  4. Diz lá a verdade: da primeira vez que nos vimos ficaste a achar-me uma queque remelosa, vero?!

    ResponderEliminar
  5. Já sonhaste com o dia em que acabas a tese? Como é?

    ResponderEliminar
  6. Ai que a menina R está cheia de perguntas!! Vamos pela ordem inversa:

    - É um dia fantasticamente leve com uma pinta de angústia de já não haver volta a dar!... Agora é que me apercebo que nem a perspectiva de acabar parece ser 100% boa!! Chiça!!

    - Pensei que não batia a "bota com a perdigota", isto é, à primeira vista não parecias tão arejada quanto escrevias... se é que isto faz sentido... mas foi coisa para durar dois minutos, logo depois já percebi que o humor e a boa disposição estavam lá! E tu? O que é que achaste de mim?...

    - (olha a cachopa, ãhn...) Imagino que um dia que (se) o meu homem me peça em casamento, tenhamos uns mesinhos à frente até que se dê o (eventual-hipotético) enlace... Mas não há MMMMMMEEEEEESSSSSSSMMMMMMMMOOOOOOOOO planos (pelo menos que eu saiba)... e estamos felizes e contentes com a nossa situação de amantizados e "pais" babados de um cão que se baba!!!

    ResponderEliminar
  7. Pergunta maravilha à Daniel de Oliveira, em alta definição e sem maquiagem(lol):
    - O que dizem os teus olhos?

    ResponderEliminar
  8. Pipoca, respondendo à provocação: bem... vocês serem dois e eu só uma intimidou um pedacito, mas a verdade é que a nossa troca de mails de uns dias antes (lembras-te?!) me fazia sentir tua amiga do coração mesmo sem te conhecer. Por isso, estava numa de vos apreciar, mas já estava rendida. E continuei. Cada vez mais. Lembro-me que te passaste com a mesa ao nosso lado no Botânico e aí pensei "é cá das minhas" :) Mas, confesso, agora estou preocupada. Será que toda a maltinha me acha queque remelosa (não negaste propriamente o primeiro impacto) e que não bate a bota com a perdigota quando me conhece?! Vocês dificultam a minha tarefa... conquistar-vos é um teste à minha imaginação, está visto :)
    Beijinhos, minha querida.
    Gosto de ti, mesmo, mesmo!

    ResponderEliminar
  9. R. Queque remelosa não... mas assim mais para o frágil talvez... mas como te disse passou logo!!

    Também gosto de ti pequena!

    ResponderEliminar
  10. Krasiva... o que dizem os meus olhos...
    - que ando cheia de medo do que vem para aí (o trabalho que se está a "vestir" e o outro que se tenta à força toda despir!);

    - que estou ansiosa e um bocado nervosa por ter (muito provavelmente) que mudar de ares mais uma vez (já deixei de contar o número que mudei de casa... e confesso que já só queria ficar num lugar por mais de 1 ano!!);

    - que estou farta de adiar a vida por falta da tal "estabilidade"... apetece-me começar a viver em pleno...

    - que sou uma sortuda-feliz de ter as melhores pessoas à minha volta...

    - mas confesso que muitas vezes os meus olhos "dizem" que dormi mal... ou que não lavei a cara antes de sair de casa... ;P

    ResponderEliminar
  11. Que te faz correr, até perderes o fôlego?

    ResponderEliminar
  12. Então aqui vai: qual foi um dos episódios mais marcante (pela positiva) que viveste até hoje?

    ResponderEliminar
  13. Junqueira: o que me faz correr até perder o folêgo:

    Duas coisas:
    - uma pessoa querida (mas tem que ser mesmo querida, caso contrário no deal porque não gosto de "correr")

    - dizerem-me que não consigo correr até perder o folêgo... é infantil mas funciono assim!

    Bem-vindo!

    ResponderEliminar
  14. Um episódio marcante pela positiva:

    - é estúpido... mas só me ocorre um jogo de pólo em que marquei dois golos... senti-me mesmo feliz...

    - ah! e o ano passado quando ajudei um miúdo pequenino a não se afogar na piscina dos escorregas...(fiquei com um sorriso parvo durante uma semana)

    - e há mais um... foi no final da minha primeira experiência a dar aulas, uma aluna ter-me dito, que mesmo que lhe desse 10 ela sabia que era um 10 que lhe sabia por 20! porque tinha ficado a compreender toda a matéria de que tínhamos falado... dei-lhe 16... merecidamente!! Isto para uma catraia de 25 anos, a dar aulas no ensino superior, numa terra diferente e sem conhecer ninguém de lado nenhum, dá para ficar tipo balão!

    Sou uma pessoa muito pouco interessante... não tenho mais experiências gratificantes!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!