segunda-feira, 25 de abril de 2011

Bolei um plano genial – os deveres filiais


 Uma vez que durante a semana, volto a estar na cidade que me viu nascer e que alberga os meus progenitores, aproveito para matar as saudades e distribuir os miminhos. E como se incluem estas visitas entre o trabalho, as caminhadas e as horas na cozinha? Está bom de ver que será no tempo que resta: à noite. Sendo que cada um vive no seu cantinho da cidade, a coisa vai ter que ser gerida na base do “dia-sim/dia-não”. Dia sim entretenho-me com o pai e o bogas no pomar a apanhar frutinha para as saladas de fruta e nos dias não, fico com a mãe Fatinha e o Mix a aperfeiçoar as receitas da próxima semana! Recapitulando, sempre que ficar em casa da mãe Fatinha, lá tenho os 6km pela frente e quando ficar em casa do pai, estaciono perto do parque da cidade, subo até à Universidade e quando descer ainda posso apanhar a fresca do rio.
Assim, além do corpo bem exercitado e alimentado, fico com o coração quentinho!

1 comentário:

  1. E pronto... é desta que a malta marca novamente encontro no botânico :)
    Saudadinhas :)

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!