quarta-feira, 2 de março de 2011

Se isto não acaba antes do tempo, estou feita! Só me tiram de casa com um guindaste!

Nada como ter 7 meses, 3 semanas e 3 dias para terminar uma tese de doutoramento, para descobrir a Filipa Vá Com Deus que há em mim... já disse e repito, não gosto das Nigelas e Miss Dahl destas vidas!

Há dois dias "apetecia-me" mesmo Quiche de Legumes. Podia comprar a massa quebrada, mas depois não teria passado ainda uma horita à procura da melhor receita... já que para além da massa, o resto não apresenta grande desafio. Prova superada, modéstia à parte, estava bem boa.


Ontem, já a tarde ia longa e a minha cabeça não encontrava mais sinónimos de "variáveis", "categorias", "análise" e "estudo", quando me pareceu ouvir o mancebo cá de casa dizer queria um bolinho... ele garante que não abriu a boca, mas eu ia jurar que sim! Uma hora depois, e devidamente lambidas taças, varas e colheres e o bolo estava a ir ao forno.


Hoje, na preparação para o almoço, vi que havia peitos de frango descongelados. Em qualquer outra fase da minha vida, teria posto os desgraçados numa grelha, feito um tachinho de arroz e se estivesse inspirada, uma salada e já estava pronto um almoço supimpa! Mas ante a perspectiva de iniciar novo sub-capítulo, ou pensar numa inovação culinária, a segunda hipótese pareceu-me a melhor. Vai daí, resolvi fazer uma pizza à séria, com o tudo quanto era fresco e saudável que havia no frigorífico juntando-lhe os remanescentes do frango. Mais uma vez, bastava ter dado 20 passos para além da porta de casa, para comprar massa de pizza, mas não. Lá vou eu fazer pesquisa e arriscar-me por receitas nunca d'antes navegadas. O resultado agradou à vista e ao estômago!

A tese é que continua esfomeada... quase a desfalecer, de tão pouco alimento que recebe da minha parte...

8 comentários:

  1. Além do bom aspecto da pisa, tenho tb a dizer que tens o bom gosto de ter uma to9alha de mesa igual à minha.

    Beijos com saudades

    Akra

    ResponderEliminar
  2. Akra amiga!! Há quanto tempo!

    Tens que vir cá a casa comprovar se a toalha é mesmo igual!! Em nome da precisão é mesmo importante que o faças!! ;)

    Beijinhos e saudades

    ResponderEliminar
  3. Torço por ti...
    As teses são umas vadias... não gosto delas :)

    ResponderEliminar
  4. nada com uma tese para descobrir todo um mundo de novas vocações ;)

    ResponderEliminar
  5. A isto chama-se cozinheira de "mão cheia"... :)))

    Fazes-me ter fome logo às 10 da manhã!

    És terrível!!! :)

    Bjokas

    ResponderEliminar
  6. Para ser mais saudável, só se fizeres a massa na tua máquina do pão!

    ResponderEliminar
  7. R.: perciso de todas as torcidelas possíveis e imaginárias... Beijinhos

    krasiva: é bem verdade... mas já fiz outras teses e por algum motivo nunca me deu para ir para a cozinha... seja como fôr, espero poder incluir estes meus dotes no "material e métodos" caso contrário, são quilos ganhos em vão...

    Annusca: não digas essas coisas antes de provar!! ainda te arrependes! e quando quiseres atestar da qualidade (ou falta dela) já sabes onde é o estaminé!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Tá: desculpa lá, mas não concordo! olha que amassar a massa à mão é já por si um exercício de saúde!! Aquilo puxa pelos bicepes!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!