quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

"Eu é mais bolos"

Não sei se é da chuva, mas a verdade é que me tem apetecido fazer bolos... mas assim que começo a preparar os utensílios lembro-me que a minha batedeira é de crianças e que a qualquer esforço extra ameaça com um cheiro a queimado que faz tremer o quadro da electricidade. 

Por isso, enquanto em vez disto...

...tiver isto...



...os bolinhos vão ser escassos...

5 comentários:

  1. Pois... eu também gostava taaaanto de ter uma dessas (e a versão laranja é fabulosa) mas por enquanto contento-me com uma idêntica à da última imagem...

    ResponderEliminar
  2. Ora, se quiseres falar de batedeiras, mostro-te o preço daquela que sonho um dia ter... E entretanto vai ver o teu email, que podes ter por lá boas notícias!

    ResponderEliminar
  3. Deixa lá, eu não tenho nenhuma das duas: só umas forminhas de inox, um forno e aquela massa já feita do Pingo Doce (a do Continente não presta).

    ResponderEliminar
  4. Dulce: A minha mini batedeira ficava muito bem na minha primeira casinha (casa-ovo para os amigos), mas agora... confesso que fico um bocado irritada... porque eu tenho que ajudar a batedeira a bater... mas também por €15 não se pode pedir muito mais!

    Tá: se já fazes os que fazes com a tua mono-batedeira, nem imagino com uma a sério!! Vêmo-nos na Praia!

    Rachelet: boas dicas! em caso de ressaca de açucar já sei!!

    ResponderEliminar
  5. Uma batedeira a sério é uma Kenwood. Não é tão bonita como a laranja, mas dura eternidades sem se estragar e é "a" máquina - tem acessórios até para picar carne em "esparguete", como fazem no talho!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!