segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Neste post faz-se referência à flatulência. A ser evitado por pessoas "sensíveis"

Ontem estreou o "Portugal tem talento". Uma vez que este serão de domingo, foi passado na companhia de papai, mudar de canal não foi alternativa. Nada promove o diálogo pai-filha, quanto programas da treta: é possível entabular uma conversa ligeira, sem recurso a situações da vida real de cada um. Assim, entre uma e outra actuação, chegámos à conclusão que não teríamos qualquer talento que pudéssemos propor a concurso. No preciso momento em que enunciamos este facto, Dom Bogas resolve contribuir para o debate, com um malcheiroso e sonoro traque! Foi aí que nos ocorreu: o nosso cão podia ir para o palco, já que tem o talento de envergonhar os donos e qualquer taberneiro de barba rija!


O cão tem desculpa, aos 9 meses comeu agulha com linha enfiada, teve de ser operado e parte do intestino foi removido. Eu e o meu pai... tanto quanto sei, não temos desculpa...

3 comentários:

  1. Eheheheh... Nem todos os talentos podem ser tangíveis como os do Bogas...

    ResponderEliminar
  2. E olha que o primeiro prémio estava no papo!!

    ResponderEliminar
  3. Aqui o Sebastião nem sequer tem essa desculpa da agulha, aliás, acabo de falar e estou já com a cara toda torcida do cheiro. Como é que um bichinho tão pequeno produz um tal fedor?

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!