domingo, 5 de setembro de 2010

'Cause I'm always ready. I won't let you out of my sight*!

 Photo @ Flickr by Nieks G.
[efeito sonoro] tchu-ru-ru-ru-run.... tchu-ru-ru-ru-run... prilirinlim...lim...lim.... [ou ouvir aqui]

O dia de piscina provou ser mais enriquecedor do que alguma vez imaginaria!!

Caguinchas como sou, depois da primeira voltinha no escorrega grande, resolvi que ia ficar de molho à espera das aterragens bombásticas do parceiro de crime! Ora, durante a espera, um pinguinho de gente, chegou ao fim da viagem vertiginosa. Pouco depois de chegar ao destino final, começou por esbracejar um pouco, mergulhar, emergir, esbracejar, esbracejar com mais intensidade... até que me pareceu que o miúdo estava a começar a entrar em pânico e não estava a conseguir sair da zona mais funda (que só tinha 1,20m... mas ainda assim era fundo de mais para o rapaz) e passava mais tempo submerso do que à tona. É claro que tudo isto se passou, se tanto, num minuto, mas acredito que para o pequeno homem tenha parecido uma eternidade (aliás... como para mim). Eu, depois de perceber que não havia pai ou mãe por perto e o salva-vidas estava atento ao pessoal que ia descendo e não à piscina (uma vez que era um tanque pequeno e nada fundo), atirei-me (quer dizer, não me atirei porque estava sentada nas escadas da piscina) e fiz o sprint mais rápido da minha vida. Assim que o pequeno se apercebeu que eu estava a chegar agarrou-se a mim com quanta força tinha e os olhos mais aflitos que já vi na minha vida (e que ainda agora me impressionam)! No meio da agitação toda, esqueci-me que tinha pé... Só pouco depois é que me lembrei que não precisava estar em esforço...**

Photo @ Flickr by elroma

E foi isto... estou contentinha... não pela aflição do moço, mas pelo facto de ter sido útil!!! Acho que já estou a ser cagona se disser que me senti a super-mulher!!

* Perante o feito, houve quem me tivesse comparado à Pamela Anderson... é o efeito do cloro com o sol... até admito que possa ser confundida com uma loira (apesar do castanho escuro do meu cabelo)... agora a "outra metade" é mesmo alucinação porque tanto o tamanho quanto a copa são de pré-adolescente! Mas fora isso, tudo bem!

**Caricarto, foi quase levar um raspanete do salva vidas, porque não podia levar crianças que não soubessem nadar para o escorrega e a calma do pai, que afinal vinha na leva de "deslizantes" seguintes...

7 comentários:

  1. Para o miúdo foste uma heroína..não tenhas dúvidas. E para mim também :)

    ResponderEliminar
  2. eh eh eh!! ainda estou bem contentinha com o feito... apesar de ter noção que não foi assim tão extraordinário...

    obrigada a todas!!

    ResponderEliminar
  3. Então, afinal sempre foste Guilhim, nem que fosse para aquele miúdo (nunca mais me esqueci da explicação do teu nick). Não uma bóia, mas um rochedo de salvação!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!