quarta-feira, 21 de julho de 2010

Um grande bem-haja aos senhores taxistas do Porto

O meu sentido de orientação fará inveja, se calhar, às batatas, que como é sabido, não tem que se deslocar muito em vida. A verdade, é que ando mais vezes perdida do que num rumo certo, por isso, já consigo manter alguma calma quando não faço ideia do caminho a tomar para chegar do ponto A ao ponto B. E foi mesmo isso que aconteceu esta segunda-feira. Tinha combinado uma reunião no Porto, Avenida de França. Imprimi umas páginas do Via Michelin, na esperança vã de conseguir chegar à morada pretendida! Digamos que a rota me serviu de alguma coisa até à saída da Ponte, a partir daí chapéu! Resolvi seguir caminho, por intituição (à falta de melhor recurso) e na tentativa de reconhecer alguma coisa que me indicasse que estava no lugar certo. Ao fim de uma hora às voltas e a 15 minutos da hora marcada, resolvi que era o momento de pedir direcções. Quando olhei para o lado estava um táxi mesmo ao meu lado parado no trânsito:

"Olhe desculpe, para a Avenida de França, estou no caminho certo?"
"Oh menina, está na direcção oposta!! Vai ter de contornar o Hospital, descer, encontrar um rotunda e sair na terceira à direita... e olhe... depois volte a perguntar e pode ser que chegue lá..."
"Obrigada, já foi uma grande ajuda!"

Cumpro as regras, um tudo nada mais nervosa, porque os 15 min estavam a correr contra mim! Depois de sair na rotunda, encontro uns semáforos e fica vermelho. Enquanto procurava por sinais divinos, já que os outros pouco me adiantavam, para outro táxi ao meu lado... Bem, se resultou antes pode ser que resulte agora:

"Bom dia, desculpe estar a incomodar, mas para a Avenida de França é por aqui?"
"Venha atrás de mim que eu vou para lá perto." (assim, sem introduções nem cumprimentos... rápido e eficaz!)
"Muito obrigada, mesmo! Estou-lhe mesmo agradecida!"

Photo @ Flickr by ansu_shi

Cinco minutos antes da hora, estava a estacionar o carro, dando-me ainda tempo para me perder no edifício onde ia ter o dito encontro!

3 comentários:

  1. Biba o pessoal do POORTO!!!!
    Aposto que no edifico tb te levaram pela mão (se não levaram, tiveram vontade!) até à porta da sala onde ocorreu o dito encontro!

    ResponderEliminar
  2. :) Olha, se estás a pensar em comprar um GPS para ajudar tenho a dizer-te que aquilo é efectivamente prático, mas às vezes... Já dei 4 e 5 voltas ao mesmo sítio até perceber qual das saídas de uma rotunda é a "2ª".

    ResponderEliminar
  3. Marta: é bem verdade sim senhora! Quando me viram às voltas no corredor apareceu logo alguém a perguntar se precisava de ajuda e encaminhou-me para o sítio certo! Mas o que eu gosto mesmo é do "menina"... Fico logo com um sorriso!

    Goldfish: para já não está nos meus planos o GPS, porque tenho a mania estúpida que dou facilmente com os lugares... mas mais tarde ou mais cedo vou ter de ceder! Isto se quero chegar a horas aos compromissos!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!