quarta-feira, 28 de julho de 2010

Casa com vista

Dado o enquadramento geográfico, podia ser vista para o mar... mas não é! A questão, é que aqui no reino, aos primeiros raios de sol e temperaturas amenas, todo o cantinho sob telha, vira chambre para alugar! Até consigo sobreviver, embora com alguma dificuldade, aos contsantes ataques de hospitalidade - que normalmente chegam até mim num "ah miga, queres um quartinho", mesmo que já me tenham visto passar um milhão de vezes - mas tem sido mais  complicado lidar com o facto, de na varanda em frente à minha sala, tomar banho um homem! Nada tenho contra o asseio, aliás, incentivo mesmo o baninho diário! E a transformação do espaço, antes semi aberto, em casa de banho, não será culpa do banhante, até porque desconfio que chegando a sexta-feira, o dito senhor vai tomar banho para casa dele substituindo-o outro! O que me deixa com urticária, é ter que perceber pelo vidro fosco do novo espaço improvisado, as intimidades de cada um!... E saber que depois do banho, fica a correr um fio de água para a rua, como se uma floreira tivesse acabado de ser regada... Mas lá está, as (minhas) cortinas que não deixam de ver de fora para dentro, tem o mesmo poder para bloquear a visão de dentro para fora!

1 comentário:

  1. Cruzes, isso parece a Holanda, onde têm de meter chuveiros até na cozinha.

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!