sexta-feira, 30 de julho de 2010

"Agradeçam e não deixem nada por dizer, nada por fazer..."

Ia jurar que no fim, era o gajo que ganhava e não a puta da doença...

4 comentários:

  1. Seria sempre uma batalha muito complicada de se travar mas, como bem disseste, penso que qualquer um de nós acreditou que, no fim, seria ele o "vencedor"...

    R.I.P.

    ResponderEliminar
  2. Já conhecia... cada vez mais tomo verdadeiramente consciencia destas palavras, faladas e escritas.
    E para não deixar nada por dizer cá vai: Que sejas muito muito feliz!

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!