segunda-feira, 17 de maio de 2010

Nova entrada no dicionário

vuvuzela
(inglês vuvuzela, do zulu)

s. f.
Tipo de corneta comprida, com som forte e grave, frequente entre os adeptos de futebol sul-africanos.


do Dicionário Priberam da Língua Portuguesa

 Photo @ Flickr by Just Ice

É que não faltava cá mais nada!!!

Sou grande fã da selecção! Ponho a mão no peito quando toca o hino antes dos jogos e tudo... mas não é porque uma gasolineira diz, que giro giro é estar tudo a tocar a malfadada da vuvuzela, que o povo, qual rebanho de mémés, o tem que fazer, para provar que gosta mesmo de ver o nossos piquenos a jogar à bola! E não, não é possível que os jogadores oiçam as malfadadas cornetas... por é isso que são: cornetas!! So... what's the point

É que já estou a antever, valentes dores de cabeça e ataques de mau feitio, nos dias de jogo... e de saída de cachopos à noite em pleno Verão... e no Natal... e no fim de ano... vai andar tudo com a porcaria do tubo de plástico enfiado nos beiços a fazer barulho!!

E que tal mandarmos a tal da "energia positiva" caladinhos e sogaditos?! Isso sim, era obra! E se estamos numa de fazer alguma coisa com piada, achava muito mais graça a ver a selecção toda de de bigode!! Mas de longe!


* que desconfio, tenha enfiado um mega barretaço com a compra das ditas cornetas!! Agora não sabe o que lhes fazer, então vai de lançar esta brilhante ideia!!! 

3 comentários:

  1. Ouvi hoje na BBC que estão com receio de que as cornetas prejudiquem o desempenho dos jogadores britânicos... Eu compreendo-os!

    ResponderEliminar
  2. Cris... querida... não queria ser eu a dizer-te... mas se calhar já usavas o Lycia ou o Veet nessa penugem...

    ResponderEliminar
  3. Goldfish: esquece lá os jogadores britânicos... eu estou é com medo do efeito que as ditas podem ter em mim!!

    Tá: Estive indecisa entre este farfalhudo ou um mais fininho e de pontas reviradas... agora estou na dúvida... achas mesmo que não me favorece?! Tanto tempo a deixá-lo crescer para agora tirar :P

    (Caros leitores que neste momento estão a fazer cara de nojo e horror, podem acalmar os corações, porque apesar da minha condição de mamífero [que pressupõe a existência de zonas pilosas] o meu bigode, mesmo quando não me entrego aos cuidados da Lola durante mais tempo do que seria recomendável, é bem mais modesto do que o que aparece na imagem. Por isso podem continuar a aparecer e vai de fazer um sorrisinho para aqui a piquena Guilhim ficar contentinha!)

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!