domingo, 23 de maio de 2010

Estou a pensar dar-lhe a independência...

Se há coisa que não gosto é de comprar calças! Implica despir e vestir, passar por apertos que pensava desnecessários e ultrapassados com a última dieta, e o mais das vezes, saio dos estabelecimentos de mãos a abanar e a pedir aos anjinhos que as calças em uso não se desfaçam tão cedo! Com o passar dos anos, descobri que convém fixar marcas, modelos e tamanhos para não ter que estar 1h30 na loja, a experimentar todo o par que aparentemente não é feio e que possivelmente fica bem, mas trocaram-me as voltas! Fui à Salsa, qual cliente fiel, e quando disse à menina que o que queria eram umas calças de ganga do modelo tal e tamanho tal* ela disse sempre de forma prestável e atenciosa:

Photo @ Flickr by malla_mi

"- Então e quer com diferentes lavagens de cor clara, estas que têm os rasgões, estas que têm os brilhantes ou estas a imitar pele?"
"- Peço desculpa, devia ter dito e esqueci-me. Queria umas "normais", só de uma cor, e de preferência em ganga escura."
"- Ah, estou a ver... mas não temos!" [apesar de se tratar de uma loja especializada em venda de jeans] Mas pode ver estas que têm o efeito push-up e que não têm adornos!"
"- Push-up?!?! Venha de lá esse par, pelo menos é só de uma côr!"

 Photo @ Flickr by Linda Gavin

Depois de experimentar as calças, senti-me confortável! A côr era perfeita! Já ouvia os sinos celestiais a acompanhar o "Aleluila", quando me ponho de perfil e vejo ao espelho que tinha uma entidade semi-autónoma no espaço onde antes estava o meu rabo! Aos dois segundos de espanto, segui-se uma valente esfregadela de olhos que não limpou aquela imagem perturbadora! O meu sim-senhor estava gigantesco, em forma de bola e prestes a ter cartão de cidadão e direito a voto! As pernas e o tronco, pareciam apêndices daquele monstro, que aparentemente trago acoplado, mas que se tem mantido - achava eu - discreto! Com as calças certas, despertou o Mr. Hyde que nele existia, aniquilando-me por completo! Eu tornei-me um acrescento de um rabo em forma de bola medicinal!

Photo @ Flickr by aphasiafilms

Mais uma vez a compra de calças revelou-se devastadora para o ego e agora a acrescentar ao milhão de defeitos reais e imaginários que acredito ter, tenho mais um: um rabo assustadoramente gigantesco... e o pior é que não vou voltar a olhar para ele da mesma forma!

* já mais em tempo algum revelarei qual!

2 comentários:

  1. Se lhe deres a independência quero um tacho no futuro instituto das pescas, pode ser?

    ResponderEliminar
  2. Por mim pode... mas não sei se ele vai em cantigas...

    ResponderEliminar

Aviso à navegação: como sou eu que mando neste estaminé, quando não gostar dos comentários não os vou publicar. Temos pena mas é a vidinha. Todos os outros comentários são bem-vindos!